Glossário sobre cores

Nosso glossário de gerenciamento de cores contém mais de 1.000 termos relacionados a cores para ajudá-lo a entender melhor como a cor afeta você e o seu fluxo de trabalho. Faça a seguir a sua pesquisa por termos básicos sobre cor e luz ou até expressões referentes à impressão e ao setor industrial para saber mais. 

 

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z

A

Back To Top
a*

Coordenada de verde-vermelho no espaço de cor CIE L*a*b*. Um valor a* positivo indica maior conteúdo de vermelho e um valor a* negativo indica maior conteúdo de verde.

 

Intenção de processamento colorimétrico absoluto

Intenção de processamento que preserva cores que estão dentro da gama e recorta as que estão fora dela. Esse método preserva o ponto branco, o que pode parecer interessante, mas pode resultar em mudanças de cor da imagem. O processamento colorimétrico absoluto é usado com mais frequência em provas e raramente por fotógrafos.

 

Branco absoluto

Na teoria, um material que reflete com perfeição toda energia de luz em todos os comprimentos de onda visíveis. Na prática, um branco sólido com dados de refletância espectral conhecidos é usado como o branco de referência para todas as medições de refletância absoluta. Ao calibrar um espectrofotômetro, muitas vezes, uma placa branca de cerâmica é medida e usada como a referência de branco absoluto.

 

Absorção

Dissipação da energia das ondas eletromagnéticas em outras formas (por exemplo, calor), devido à sua interação com a matéria; uma diminuição da transmissão direcional da radiação incidente, resultando em uma modificação ou conversão da energia absorvida.

 

Absorbância
“Capacidade de suspensão de luz.” Quanto maior o valor, mais luz a amostra absorve. Os valores normalmente variam de 0 a 3,0. Matematicamente, a absorbância é calculada A = log10 (1/T), onde T é a transmitância, expressa como um número decimal de 0 a 1 (por exemplo, 0,5 R é igual a 50% R). Essa é a mesma equação utilizada para calcular a densidade em aplicações de artes gráficas e fotografia.

Cor acromática

Luz sem cor que produz uma cor neutra branca, cinza ou preta e não tem um matiz.

 

Adaptação
A capacidade que o olho tem de se ajustar a diferentes fontes ou níveis de luz. Isso permite que o sistema visual ajuste a sensibilidade em relação a diferentes condições de iluminação.

Cores aditivas

A soma das cores primárias para produzir uma infinidade de cores. O modelo de cor aditivo mais usado é o RGB (sigla em inglês para vermelho, verde, azul), que é usado por monitores de computador para gerar sua exibição e por scanners e câmeras digitais para capturar imagens.

 

Mistura de cores aditivas 

A mistura das três luzes das cores primárias (vermelho, verde e azul) para obter cores. Por exemplo, verde + vermelho = amarelo, vermelho + azul = magenta, e azul + verde = ciano.

 

Primárias aditivas  

Luz vermelha, verde e azul clara. A combinação das três cores primárias aditivas com 100% de intensidade produz luz branca. A combinação delas com variadas intensidades produz uma gama de cores diferentes. A combinação de duas cores primárias com 100% de intensidade produz uma primária subtrativa: 100% vermelho + 100% verde = amarelo, 100% vermelho + 100% azul = magenta, 100% verde + 100% azul = ciano.

 

Resolução disponível

A resolução máxima de qualquer dispositivo.

 

Adobe® Acrobat®

Aplicativo de software da Adobe usado para criar e visualizar arquivos PDF (Portable Document Format). Arquivos PDF permitem que outras pessoas visualizem um documento exatamente como ele foi criado sem ter o software ou as fontes que foram usadas para criá-lo.

 

Adobe® Creative Suite®

Uma coleção de aplicativos de design gráfico, edição de vídeo e desenvolvimentos de sites na web produzidos pela Adobe Systems, que inclui Photoshop®, Illustrator®, Acrobat®, InDesign® e o Bridge para gerenciar todos os aplicativos carregados do Creative Suite.

 

Aerógrafo

Uma ferramenta de software encontrada em programas de edição de imagem que simula o efeito de um aerógrafo mecânico.

 

Serrilhamento

Efeito em forma de serra nas bordas que ocorre em uma imagem com baixa resolução e pode ser causado por geração de amostra ou processamento inadequados da imagem. Também chamado de "aliasing".

 

Luz ambiente

A luz, natural ou artificial, disponível em um ambiente. A luz ambiente interfere na forma como as cores são exibidas na tela e na impressão, portanto, deve ser considerada durante a avaliação de cores.

 

American National Standards Institute (ANSI)

A organização federal responsável pela padronização de sistemas de computador para fins comerciais e de comunicação. Linguagens de programação COBOL, FORTRAN e C são padrões ANSI.

 

Ângulo de incidência
Ângulo em que um feixe de luz incide sobre a superfície de um objeto em relação ao ângulo perpendicular à superfície do objeto.

Ângulos de reflexão
Ângulo em que um feixe de luz é refletido sobre a superfície de um objeto em relação ao ângulo perpendicular à superfície do objeto.

Ângulo de visão
O ângulo em que uma amostra é visualizada em relação ao ângulo perpendicular à superfície.

Antisserrilhamento            

Remoção ou suavização das bordas serrilhadas (alias) usando técnicas de nivelamento e mistura.

 

Spray antimanchas
Pó de amido que é pulverizado sobre as folhas recém-impressas para evitar que a tinta úmida suje ou seja transferida para o verso da folha sobreposta.

Temperatura aparente da cor
A aparência da cor de uma fonte de luz relacionada à temperatura de cor absoluta da radiação do corpo negro que apresenta a mesma cor.

Aparência

Manifestação da natureza de objetos e materiais por meio de atributos visuais, como tamanho, forma, cor, textura, brilho, transparência, opacidade, etc.

 

Apple ColorSync

Um sistema de gerenciamento de cores independente de plataforma da Apple que fornece serviços essenciais para calibração, prova e reprodução rápida, consistente e precisa da cor por meio do uso de dispositivos de entrada, saída e exibição. O ColorSync também fornece uma interface para as configurações de gerenciamento de cores de todo o sistema que permite aos usuários salvar configurações de cores para trabalhos específicos e alternar entre as configurações.

 

Artefato

Em aplicativos de computação gráfica, irregularidades ou defeitos visuais indesejados gerados pela operação de software ou por um dispositivo de entrada ou saída que prejudica a qualidade da imagem.

 

Luz do dia artificial

Termo aplicado amplamente a fontes de luz, muitas vezes, equipadas com filtros que tentam reproduzir a cor e a distribuição espectral da luz do dia. Prefere-se uma definição mais específica da fonte de luz.

 

ASCII (American Standard Code for Information Interchange)

Um sistema de codificação de computador que converte letras, números e símbolos em valores binários que um computador é capaz de entender.

 

Formato da imagem

A relação das medidas horizontais e verticais de uma imagem. O valor horizontal é colocado primeiro (por exemplo, 3:2).

 

Atributo

Uma característica distintiva de uma sensação, percepção ou modo de aparência. As cores muitas vezes são descritas por seus atributos de matiz, croma (ou saturação) e clareza.

 

 

B

 

b*

Coordenada de amarelo-azul no espaço de cor CIE L*a*b*. Um valor b* positivo indica maior concentração de amarelo e um valor b* negativo indica maior concentração de azul.

 

Banding

Representação imprecisa das cores que resulta em listras modeladas criadas por transições bruscas, bem definidas entre as diferentes faixas. O banding geralmente é causado por insuficiência de gamas de cores ou escalas de cinza no processador de imagem do dispositivo de saída ou por falta de informações da digitalização original.

 

Largura de banda

Capacidade de transporte de dados da conexão de rede ou de dados. Quanto maior for a largura de banda, mais rápida será a transmissão digital. Na transmissão analógica, a largura de banda é medida em ciclos por segundo ou hertz (Hz). Na transmissão digital, a largura de banda é medida em bits por segundo (bps).

 

Lei de Beer
Descreve a relação matemática entre a absorção de energia da luz referente à concentração de um corante ou pigmento.

Profundidade bits

O número de bits usado para definir o matiz ou a cor de cada pixel em uma imagem. Uma imagem de 1 bit é preta e branca, uma imagem em tons de cinza de 8 bits fornece 256 matizes de cinza, uma imagem colorida de 8 bits oferece 256 cores, e uma imagem de 24 bits oferece mais de 16 milhões de cores (8 bits para o vermelho, 8 para o azul e 8 para o verde).

 

Bitmap (BMP)

Um formato de arquivo de imagem que é formado por uma grade retangular de pixels ou pontos, o mais usado em sistemas operacionais Microsoft Windows e OS/2. Esse formato de arquivo é compatível com vários aplicativos e usa compactação RLE sem perdas.

 

Bits por Pixel (bpp)

O número de bits usado para descrever a cor ou a intensidade de um pixel. Por exemplo, usar 8 bits para armazenar um valor do modelo de cor RGB permitiria que 3 bits fossem usados para os valores de vermelho e verde e 2 bits para os de azul. O azul tem uma faixa menor, porque o olho humano contém menos cones para a identificação do azul e, portanto, é menos sensível a variações dessa cor.

 

Bits por segundo (bps)

Medição da velocidade de transmissão de dados que representa o número de bits que passam por determinado ponto em um segundo.

 

Preto

A cor que é produzida quando um objeto absorve todos os comprimentos de onda da fonte de luz.

 

Locus do corpo negro (locus de Planck)
O conjunto de pontos em um diagrama de cromaticidade que representa as cores de radiadores absolutos com várias temperaturas de cor.

Radiador do corpo negro
Na teoria, um objeto que absorve toda a energia que entra em contato com ele.

Geração de preto

Adição de tinta preta a outras cores de processamento (ciano, magenta e amarelo) ao imprimir uma imagem. A geração de preto é geralmente manipulada com os métodos de substituição do componente cinza (GCR, na sigla em inglês) ou de remoção de cor subjacente (UCR, na sigla em inglês).

 

Ponto preto

A sombra mais escura no histograma de uma imagem, com o valor de 0, 0, 0. O ponto preto pode ser usado para ajustar a faixa tonal da imagem. Idealmente, o ponto negro tem 0% de refletância ou transmitância neutra.

 

Blanqueta
Manta de tela e borracha com uma camada superficial de borracha que cobre o cilindro de offset e serve para transferir a tinta da chapa para o papel.

Barra da blanqueta
Um acessório em uma impressora offset que ajuda a segurar o cilindro com a blanqueta.

Cilindro porta-blanqueta
O cilindro que transfere as áreas de impressão da chapa para o papel em uma impressora offset.

Sangria

Uma imagem ou área impressa com tinta que se estende além da borda de corte de uma página.

 

Blooming

Um efeito visual provocado pela superexposição de um sensor de imagem a muita luz, resultando em um extravasamento para locais adjacentes da fotografia. Esta “superexposição digital” pode causar distorções do objeto e/ou cor.

 

Desfoque

Suavização de um detalhe da imagem.

 

Bon-a-tirer ou BAT

Uma prova aceita pelo artista que é utilizada como padrão para comparar todas as impressões subsequentes. Alguns impressores exigem uma BAT assinada antes de iniciar a impressão da produção.

 

Caixa delimitadora

Em aplicações gráficas, a menor caixa de forma regular que inclui um objeto, geralmente em forma de retângulo.

 

Brilho

A intensidade geral de uma imagem. Quanto menor o valor do brilho, mais escura a imagem; quanto mais alto o valor, mais clara a imagem.

 

Bronzeado

Problema que pode ocorrer com certas combinações de tinta ou papel no qual reflexões escurecidas ou de efeito "bronzeado" de áreas com tinta são justapostas com áreas onde há pouca ou nenhuma tinta, resultando em reflexão total do papel. Também chamado de "diferencial de brilho."

 

C

 

C*

Coordenada de cromaticidade no espaço de cor CIE L*C*h. Uma croma igual a 0 (zero) indica uma cor perfeitamente neutra, enquanto um valor maior de C* indica uma cor mais cromática (saturada).

 

Cache

Um banco de memória de alta velocidade reservado para dados acessados com frequência.

 

Calibração

A segunda etapa no processo de gerenciamento de cores, a calibração ajusta um dispositivo com as suas especificações conhecidas para ajudar a compensar o "desbotamento" da cor ao longo do tempo. A calibração deve ser realizada em dispositivos cujas características de cor mudam com frequência, como monitores, porque o fósforo perde o brilho ao longo do tempo, e impressoras, porque a saída pode mudar devido às diferentes tintas e mídia.

 

Barras de calibração

Uma tira de amostras de cores ou tons usada para verificar a qualidade de um negativo, prova ou peça impressa, ou medida em software de calibração para ajudar a configurar um dispositivo de impressão novamente para os padrões conhecidos.

 

Perfil de câmara

Define como a imagem em formato raw é renderizada pelo software de processamento de imagem. Os perfis contêm uma definição de qual cor exatamente um pixel específico deveria ter em relação aos dados raw na imagem original. Você pode ajustar a forma como o seu software de edição interpreta a cor da câmera usando os controles no painel de calibração da câmera e salvando as alterações como uma predefinição.

 

Arte final

Qualquer arte ou tipo que esteja pronto para ser enviado para pré-impressão e impressão.

 

Candela por metro quadrado (cd/m2)

Uma unidade de luminância baseada em candela, a unidade internacional de intensidade luminosa, e a área em metros quadrados. Os LCDs dos desktops da maioria dos consumidores apresentam luminância de 200 a 300 cd/m2.

 

Captura

Aquisição de informações de imagem digital com um dispositivo de entrada, como um scanner ou câmera digital.

                                                                                 

Canal

Um componente de uma imagem digital que transporta dados para uma camada de cor. Uma imagem em tons de cinza tem um canal de cor, uma imagem RGB tem três canais de cor e uma imagem CMYK tem quatro canais de cor. Quando todos os canais são combinados, uma imagem colorida é criada. 

 

Caracterização

A terceira etapa do processo de gerenciamento de cores, a caracterização consiste na medição de valores reais de cores RGB ou CMYK do dispositivo com um colorímetro ou espectrofotômetro para determinar suas características de reprodução de cores.

 

Croma

Atributo de cor usado no sistema de cores de Munsell para indicar o grau de partida de um cinza do mesmo valor. Está relacionado à dimensão de saturação; quanto mais longe do eixo, mais pura a cor.

Cromática

Uma cor que é percebida como tendo um matiz, ou seja, exceto branco, cinza ou preto.

 

Cromaticidade

A qualidade de uma cor, independente do brilho.

 

Diagrama de cromaticidade
Em termos práticos, um gráfico bidimensional no qual uma cor pode ser traçada de acordo com seu matiz e croma. A terceira dimensão deste gráfico é o fator de luminância, ou luminosidade, que é independente do matiz ou croma. A localização de um ponto nesse gráfico indica aproximadamente qual é a cor (vermelho, verde, azul, roxo, etc.) e a saturação dele. Essas informações devem ser interpretadas com cuidado, pois as coordenadas das cores neutras diferem de acordo com cada iluminante. As coordenadas raramente podem ser interpretadas pela aparência, a menos que o iluminante seja especificado. O esquema de todas as cores tem uma forma característica de ferradura.

 

Área de transferência

Uma área de memória usada para armazenar temporariamente pixels selecionados que é acessada usando os comandos cortar, copiar e colar.

 

CIE (International Commission on Illumination)

A Comissão Internacional de Iluminação (CIE, na sigla do seu nome francês, Commission Internationale de l’Eclairage) é a autoridade internacional emluz, iluminação, cor, e espaços de cor. Foi criado em 1913 como um sucessor para o Commission Internationale de Photométrie e hoje está sediado em Vienna, na Áustria.

 

Colorimetria CIE

A medição de cores de acordo com a resposta espectral de um observador padrão CIE.

 

CIELab (CIELAB, L*a*b*)

Um espaço de cor uniforme (escala de cores opostas) no qual as cores estão localizadas dentro de um sistema de coordenadas retangular tridimensional; as três dimensões são luminosidade (L*), conteúdo de vermelho/verde (a*) e amarelo/azul (b*). O CIELab faz parte das recomendações atuais da CIE. Um espaço de cor uniforme, que usa uma fórmula de raiz cúbica de Adams Nickerson, adotado pela CIE em 1976 para uso na medição de diferenças pequenas de cor. Pronuncia-se “cie-lab”, também conhecido como L*a*b* (“L-asterisco”, “A-asterisco”, “B-asterisco”).

Iluminantes padrão CIE

O CIE caracterizou vários iluminantes padrão, designados como “A”, “B”, “C” e “D”, e publicou curvas de distribuição de energia espectral para caracterizar a cor da luz de cada um deles. O iluminante A foi criado para simular a luz incandescente de lâmpadas. O iluminante D foi criado para simular a iluminação natural de duas distribuições espectrais diferentes. O D50 representa a luz de 5.000 K, e o D65 representa a luz de 6.500 K. As condições de visualização padrão do setor de artes gráficas especifica a luz branca em 5.000 K.

 

Observador padrão CIE
Dados do observador para um campo de visão de 2 graus, adotados pelo CIE em 1931 para representar a resposta do olho humano em geral, quando adaptado a um espectro de mesma energia. Um observador complementar de 10 graus foi adotado em 1964.

 

Valores triestímulos do sistema CIE

Quantidades dos três componentes necessários em uma mistura aditiva de três cores para combinar uma cor: no Sistema CIE, eles são designados como X, Y e Z. As funções de combinação de cores do iluminante e observador padrão usados devem ser atribuídas; se não forem, supõe-se que os valores são os do observador padrão CIE 2 de 1931 e do iluminante C.

 

CIELCh
Um espaço de cores uniforme (escala de cores opostas) no qual as cores estão localizadas dentro de um sistema de coordenadas polar tridimensional; as três dimensões são luminosidade (L*), conteúdo de croma (C*) e ângulo de matiz (h). O CIELCh faz parte das recomendações atuais da CIE. Para pronunciar CIELCh, basta dizer as letras.

Diagrama de cromaticidade CIE xy

Gráfico bidimensional das coordenadas de cromaticidade, onde x é a abcissa e y a ordenada, que mostra o local do espectro (coordenadas de cromaticidade de luz monocromática, 380 a 770 nm). Ele apresenta muitas propriedades úteis para comparar cores de materiais luminosos e não luminosos.

 

Clipping

Um efeito que ocorre quando todos os valores mais claros que um tom específico são convertidos para branco, e todos os valores mais escuros são convertidos para preto. Esse efeito pode ser causado por pouquíssimo contraste, quando determinados valores da escala de cinza são perdidos ou compactados na gama de branco ou preto puros.

 

CMC
Também CMC (l:c). Uma fórmula de diferença de cor baseada no espaço de cor CIELCh (escala de cores opostas), em que os valores de diferença total de cor equivalentes representam diferenças visuais equivalentes, independentemente da cor.

CMYK (ciano, magenta, amarelo e preto)

As três cores primárias do modelo de cor subtrativo usadas na impressão colorida. Na teoria, a combinação de tintas CMY puras produz preto; na realidade, o preto deve ser adicionado para produzir uma gama completa de cores.

 

Impressora CMYK

Uma impressora que usa ciano, magenta, amarelo e preto para reproduzir imagens em mídias. A maioria das impressoras que operam com um RIP Post-Script são impressoras CMYK, ou seja, o RIP pode aceitar dados de entrada em RGB, LAB ou CMYK e convertê-los para CMYK para a saída no mecanismo de impressão.

 

Revestimento

O processo de tratamento de uma mídia ou substrato para receber tintas em jato. Também, um revestimento fino, que fornece proteção contra o desbotamento provocado por raios UV, sujeira e impressões digitais, que pode ou não melhorar a permanência da impressão, porque o desbotamento é provocado principalmente devido à luz visível.

 

Enrugamento

A aparência ondulada ou enrugada do papel quando os limites de absorção de tinta são ultrapassados, ou um defeito de impressão normalmente visto como rugas que deformam o papel, geralmente, causado por excesso de tinta ou umidade.

 

Cor

Percepção visual criada quando a luz de variados comprimentos de onda na região de aproximadamente 400 a 700 nm é detectada pelos receptores do olho e processada pelo cérebro.

 

Ajuste de cor  
Em um processo de impressão, o ajuste de uma cor inicial de acordo com o padrão determinado; deve ser verificado regularmente, porque pode mudar com frequência.

 

Aptidão para cores
A capacidade de trabalhar com e entender as cores; inclui tanto habilidades inatas quanto a experiência profissional.

 

Atributo de cor
Uma característica tridimensional da aparência de um objeto. Uma dimensão geralmente define a luminosidade, as outras duas em conjunto definem a cromaticidade.

 

Equilíbrio de cores

A capacidade de reproduzir todas as cores em uma cena de acordo com um padrão aceitável.

 

Calibração de cores

Uso de software e/ou hardware para ajustar e coordenar cores entre dois ou mais dispositivos digitais. Os sistemas de calibração de cores normalmente comparam os perfis de cor do dispositivo e traduzem um modelo de cor para uma linguagem independente de dispositivo.

 

Predominância de cor

Uma tonalidade indesejada de uma cor em uma imagem, que pode ser causada por um dispositivo de entrada, de saída ou condições de iluminação. 

 

Compressão de cor

Redução de uma gama de cores original para uma gama de cores que um dispositivo possa representar ou reproduzir.

 

Constância das cores
Independência relativa da cor percebida do objeto em relação às mudanças de cor da fonte de luz.

Correção de cor

Ajuste de uma imagem para corrigir desequilíbrios de cores ou para adequá-las às características do dispositivo de saída escolhido.

 

Curva de cor

Um gráfico que exibe as medições de cor e pode ser usado para fazer alterações de cor em uma imagem. O ajuste do ângulo e inclinação da curva provocará alterações de cor nos canais de cor da imagem.

 

Equações de diferença de cor

Equações matemáticas que calculam o tamanho da diferença entre duas cores.

 

Diferença de cor, numérica

A diferença entre valores de coordenada de cor de duas amostras diferentes. Quantifica a diferença entre duas cores.

 

Diferença cor, visual

É a diferença entre duas cores que o olho humano é capaz de ver. Geralmente, é descrita em termos qualitativos, como mais clara, mais escura, mais vermelha, mais verde, mais azul, mais amarela, mais desbotada, etc.

 

Color Electronic Prepress Systems (CEPS)

Sistema digital utilizado para preparar imagens coloridas para impressão mecânica que geralmente envolve a separação das cores da imagem em valores CMYK.

 

Gama de cores

A gama de cores que um sistema pode reproduzir.

 

Tabela de busca de cores (CLUT, color lookup table)

Tabela de valores de cores que é usada para converter um espaço de cor em outro para entrada e saída de dados para diferentes tipos de dispositivos.

 

Gerenciamento de cores

O processo que ajuda a solucionar as variações nos fluxos de trabalho de reprodução de cores, criando arquivos de dados que descrevem as características específicas de determinados dispositivos digitais. O resultado permite a combinação de cores entre dispositivos, incluindo monitor e impressora, entre uma fotografia original e um arquivo digital, e entre duas impressões criadas em mídias diferentes com tintas diferentes. As quatro etapas (também conhecidas como os 4 Cs) do gerenciamento de cores são a consistência, calibração, caracterização e conversão.

 

Sistema de gerenciamento de cores (CMS, na sigla em inglês)

Uma combinação de dispositivos de software e/ou hardware usada para produzir resultados de cores precisas em todo o sistema de imagem digital.

 

Função de combinação de cor
Quantidades relativas das três cores primárias aditivas (vermelho, verde e azul) necessárias para combinar com comprimentos de onda de luz.

 

Medição de cor

Medição física da luz emitida, transmitida ou refletida por uma amostra sob uma condição específica e transformada matematicamente em termos colorimétricos padronizados. Esses termos podem ser correlacionados a avaliações visuais de uma cor em relação a outra.

 

Escala de medição de cor
Um sistema de especificação numérica de atributos de cor percebidos.

 

Modelo de cor

Um método de especificação de uma cor (posição) no espaço de cores, geralmente, usando um sistema de coordenadas. Exemplos, sistemas de cores RGB e Munsell.

 

Política sobre gerenciamento de cores

Determina como o aplicativo manipula os dados de cores quando você abre um documento ou importa uma imagem. Você pode escolher diferentes políticas para imagens RGB e CMYK, além de especificar quando deseja que as mensagens de aviso sejam exibidas.

 

Sistemas de cores Método para comunicar a cor com base no espaço de cor tridimensional. Para um conjunto de cores ser um sistema de cores, o conjunto deve representar todas as cores no espaço de cor tridimensional, as cores devem ter uma progressão visual ou relação lógica uma com as outras, cada cor inserida deve se encaixar no sistema em uma sequência lógica, uma variação sutil em relação à cor existente pode ser facilmente descrita por etapas parciais, o sistema deve fornecer valores que permitam a comunicação fácil, mesmo sem uma amostra fornecida, e o meio usado para representar o sistema deve ser consistente e reprodutível. Um dos sistemas de cores mais conhecido é o Munsell.

 

Perfil de cor

Uma equação matemática utilizada para transformar um espaço de cor em outro para combinar com maior exatidão a saída dos dispositivos. Na impressão digital, geralmente é usado para se referir a um perfil de cor de um equipamento específico (monitor, impressora, scanner, etc.) que permite ao usuário correlacionar cores de forma consistente em vários dispositivos. Veja também Gerenciamento de cores.

 

Prova de cor

Saída de impressão de cores criada para fornecer aos designers e compradores de impressão as características aproximadas que as cores apresentarão em uma impressão.

 

Qualidade da cor A qualidade ou a "cor" da luz é especificada como um ponto direcionado e tolerância no espaço de cor CIE, e como uma temperatura de cor correlacionada. Essa é a correlação entre a cor emitida por um corpo negro teórico aquecido a uma temperatura especificada, medida em graus Kelvin (K).

 

Índice de renderização de cores
Medida da quantidade de mudança de cor que objetos exibem quando iluminados por uma fonte de luz conforme comparados com suas cores quando iluminados por uma fonte de referência de temperatura de cor comparável.

Reprodução de cores O processo de reprodução de cores em diferentes dispositivos. Dois métodos comuns utilizados para a reprodução de cores são as misturas de cores aditivas e as misturas de cores subtrativas.

 

Separação de cores

A produção de uma chapa de impressão separada para cada cor de tinta que será usada para imprimir uma imagem. Quatro chapas são utilizadas na separação de cores de processamento, uma para cada uma das seguintes cores: ciano, magenta, amarelo e preto; e chapas adicionais são usadas para cada cor chapada.

 

Espaço de cor

Um modelo matemático tridimensional que inclui todas as cores possíveis. São as partes do espectro visível que podem ser reproduzidas, como RGB para monitores de computador, CMYK para impressão e índice de cores seguras para a Web.

 

Conversão do espaço de cor

Processo de tradução das cores do espaço de cor de um dispositivo para outro, que pode exigir aproximações para preservar as qualidades de cor mais importantes da imagem. A etapa de tradução tenta criar uma melhor combinação entre os dispositivos. Se o dispositivo original tiver uma gama de cores maior que o dispositivo final, algumas dessas cores ficarão fora do espaço de cor do dispositivo final. Este evento "cores fora da gama" ocorre em praticamente todas as conversões e é chamado de incompatibilidade de gama. As intenções colorimétricas perceptivas, relativas e absolutas são as intenções de processamento mais comuns. 

 

Especificações de cor Valores triestímulos, coordenadas de cromaticidade, valor de luminância ou outros valores de escala cor, usados para designar numericamente uma cor em um sistema de cores especificado.

 

Sistemas de especificação de cores Método de comunicação de cores entre clientes, designers e impressoras. Os sistemas de especificação de cores mais comuns são o Pantone e o HKS, que são usados geralmente como guias de cores, livros de amostras ou bibliotecas de cores.

 

Tabela de cores

Paleta de cores com até 256 cores de uma imagem no modo Indexed Color.

 

Temperatura de cor

Escala utilizada para se referir ao sistema de energia visível de várias fontes de luz em graus Kelvin como uma medida da mistura em uma escala de vermelho a azul e branco. Por exemplo, a luz natural ao meio-dia tem 5.500 Kelvin, uma cor azul e branco, enquanto uma lâmpada de tungstênio produz uma cor laranja de aproximadamente 3.200 Kelvin.

 

Tolerância de uma cor

Uma diferença de cor entre um padrão aceitável (referência) e uma amostra.

 

Pigmento

Qualquer substância que confere cor a um outro material ou mistura. Pigmentos podem ser corantes ou tinturas.

 

Mistura de pigmento
Uma mistura de corantes ou tinturas.

 

Colorímetro

Um dispositivo que mede a cor por meio de filtros vermelhos, verdes e azuis e calcula valores em espaços tridimensionais de cores que representam com alta precisão a visão humana. Diferente de um densitômetro, os filtros correspondem mais à resposta visual humana e os circuitos dentro do instrumento calculam valores em espaços de cor tridimensionais que são usados para representar essa visão.

 

Colorimetria

Uma maneira de medir e quantificar a cor de um objeto com base em uma fonte de luz padrão e em um modelo padrão da visão humana. Três tipos básicos de instrumentos de medição de cor são utilizados nas artes gráficas. São eles, em grau crescente de sofisticação: os densitômetros, colorímetros e espectrofotômetros.

 

Colorista

Um profissional na arte de combinação de cores (formulação de pigmentos) e conhecedor do comportamento de pigmentos em um material específico; tinter (uso americano) ou sombreador. A palavra colorista é de origem europeia.

 

Função de combinação de cor

As quantidades necessárias dos três estímulos primários para combinar com a mesma energia radiada em cada comprimento de onda.

 

Color Quality

A qualidade ou "cor" da luz é especificada como um ponto direcionado e tolerância no espaço de cor CIE, e como uma temperatura de cor correlacionada. Essa é a correlação entre a cor emitida por um corpo negro teórico aquecido a uma temperatura especificada, medida em graus Kelvin (K).

 

Temperatura de cor

Uma medida em graus que indica o matiz de um tipo específico de fonte de luz. A temperatura de cor é convencionalmente definida em unidades de temperatura absoluta, graus Kelvin (K).

 

Disco de cores

Sequência de cores do espectro visível dispostas em círculo, em que as cores complementares, como vermelho e verde, estão localizadas em oposição uma a outra.

 

Colorista

Um profissional na arte de combinação de cores (formulação de pigmentos) e conhecedor do comportamento de pigmentos em um material específico; tinter (uso americano) ou sombreador. A palavra colorista é de origem europeia.

 

Cores complementares

Duas cores que quando combinadas criam um cinza neutro. Em um disco de cores, as cores complementares estão diretamente opostas ao eixo da outra, como o azul e amarelo, vermelho e verde, etc.

 

Impressora Composite

Impressora usada para fazer uma imagem colorida composta de um arquivo para prova ou resultado final.

 

Compactação

Processo de remoção de informações irrelevantes e redução de espaço desnecessário de um arquivo para torná-lo menor. Dependendo do método, a compactação pode causar perdas e distorção. Há dois tipos de esquemas de compactação: com perdas e sem perdas.

 

Computer to Plate (CTP) 

Na pré-impressão, o uso de um computador para fazer a chapa para a obtenção de resultados mais rápidos e de maior qualidade.

 

Combinação condicional
Conjunto de amostras que parecem combinar segundo um conjunto limitado de condições como fonte de luz ou ângulo de visão.

 

Consistência

A primeira etapa do processo de gerenciamento de cores, a consistência é a garantia de que o dispositivo de um fluxo de trabalho de cor, como um monitor, scanner ou impressora, será capaz de reproduzir cores de forma consistente. Veja também Gerenciamento de cores.

 

Tom contínuo

Uma imagem, como uma fotografia, em que há transições graduais entre tons ou cores. Para fins de impressão, imagens de tom contínuo são convertidas em padrões de pontos (retículas).

 

Prova impressa

A base de um contrato entre uma empresa de impressão e um cliente; a aparência da prova impressa deve representar a aparência da peça impressa final.

 

Contraste

Gradação de tons entre os realces, tons intermediários e sombras de uma imagem. O alto contraste implica o preto escuro e o branco claro. O médio contraste implica uma boa distribuição do preto ao branco, já o baixo contraste implica uma diferença pequena entre os valores do preto ao branco.

 

Conversão

A quarta etapa no processo de gerenciamento de cores, a conversão é o processo de combinação de cores da maneira mais precisa possível entre os dispositivos de entrada e saída. Por exemplo, se uma imagem foi capturada por um scanner RGB, editada em um aplicativo de design e impressa em CMYK, ela precisa ser convertida muitas vezes. Isso ocorre em um espaço de cor independente de dispositivo conhecido como CIELAB ou espaço de conexão de perfil.

 

Temperatura de cor correlacionada
Temperatura em graus Kelvin de um ponto em um locus do corpo negro que mais se assemelha a fonte de luz.

 

Deslocamento da blanqueta

Uma imperfeição na impressão que envolve um leve deslocamento da blanqueta à frente quando ela entra em contato com a chapa ou papel.

 

Cortar

Em aplicações gráficas, o processo digital ou manual de cortar partes indesejadas de uma imagem.

 

Marcas de corte

Nas aplicações gráficas, linhas curtas e finas usadas para o corte final, que mostram o tamanho do corte da peça impressa final.

 

CRT (sigla inglesa para tubo de raios catódicos)

O tubo de exibição usado na maioria dos televisores e monitores de computador padrão. As imagens são exibidas quando um feixe de elétrons se move pela parte traseira da tela excitando pontos de fósforo no interior do tubo de vidro.

 

Curvas

Ferramentas gráficas de softwares de tratamento de imagens que permitem que o usuário altere os valores de contraste e cor da imagem.

 

Perfil personalizado

Perfil (dados que caracterizam um dispositivo de entrada de cor, um dispositivo de saída ou espaço de cor) personalizado para um dispositivo específico como uma câmera digital, monitor ou impressora.

 

Cobertura do cilindro (revestimento)

Elementos flexíveis constituídos por uma montagem do tamanho do filme de acetato ou papel que são inseridos embaixo da chapa e da blanqueta para ajustar a pressão entre os rolos e proporcionar nitidez durante a impressão.

 

D

 

D65

O Iluminante padrão CIE que representa a temperatura de cor de 6.504 Kelvin. O D65 é amplamente utilizado como o ponto branco padrão para a calibração do monitor.

 

Rolos de umedecimento 

Nas impressoras offset, são os rolos responsáveis por molhar as áreas sem imagem da chapa.

 

Solução umectante 

Na impressão offset, um líquido composto principalmente de água que mantém umedecidas as áreas sem imagem da chapa para que elas rejeitem a tinta.

 

Iluminantes de luz do dia (CIE)

Série de curvas de distribuição de energia espectral iluminante com base em medições de luz do dia natural e recomendadas pela CIE em 1965. Os valores são definidos para a região do comprimento de onda de 300 a 830nm. Eles são descritos em termos da temperatura de cor correlacionada. O iluminante mais importante é o D65 por causa da proximidade da sua temperatura de cor correspondente a do iluminante C, que é de 6.774 K. O D75 mais azul que o D65 e o D55 mais amarelo que o D65 também são utilizados.

 

Descompactação

Processo pelo qual os dados de um arquivo que foi compactado são restaurados.

 

Delta (D)

Um símbolo usado para indicar desvio ou diferença.

 

Delta de absorbância
Diferença nos valores de absorbância, em cada comprimento de onda, entre os testes e o padrão. O delta positivo de absorbância significa que o teste absorve mais luz que o padrão. O delta negativo de absorbância significa que o teste absorve menos luz que o padrão.

 

Delta E*

∆E ou DE. O nome genérico para a diferença de cor total, é usado para indicar a diferença de cor total para todos os espaços de cor uniforme. A diferença de cor total (Delta E) é um único número que expressa a magnitude (tamanho, grau, quantidade) de diferença entre duas cores. O valor não informa sobre a natureza da diferença de cor.

 

Delta Ecmc

Desenvolvido pelo Comitê de medição de cores da Society of Dyers and Colourists da Grã-Bretanha. O DEcmc é uma equação com base em elipse para calcular os valores DE como uma alternativa às coordenadas retangulares do espaço de cor CIE L*a*b*. O DEcmc corresponde melhor à visão humana na avaliação da aceitabilidade da diferença de cor.

 

Delta K/S
Diferença nos valores de K/S, em cada comprimento de onda, entre os testes e o padrão. O delta K/S positivo significa que o teste tem uma taxa mais alta de absorção-dispersão que o padrão. O delta K/S negativo significa que o teste tem uma taxa mais baixa de absorção-dispersão que o padrão.

 

Delta de refletância
Diferença nos valores de refletância, em cada comprimento de onda, entre os testes e o padrão. O delta positivo de refletância significa que o teste reflete mais luz que o padrão. O delta negativo de refletância significa que o teste reflete menos luz que o padrão.

 

Delta transmitância
Diferença nos valores de transmitância, em cada comprimento de onda, entre os testes e o padrão. O delta positivo de transmitância significa que o teste transmite mais luz que o padrão. O delta negativo de transmitância significa que o teste transmite menos luz que o padrão.

 

Valor de delta
Um termo informal para "coordenada de cor de delta"; às vezes, a palavra "deltas" é usada. Por exemplo, em cálculos CIELab, o Delta L*, Delta a* e Delta b* são todos chamados de “valores de delta CIELab” ou “deltas CIELab”. Esse termo é usado para facilitar a comunicação falada.

 

Densitômetro

Instrumento usado para medir cores por meio de filtros vermelhos, verdes e azuis, semelhantes aos utilizados para a separação de cores. Os filtros fazem com que as tintas das suas cores complementares pareçam escuras, por isso é dito que densitômetros "enxergam" em preto e branco.

 

Densidade (Densidade óptica)

O grau de opacidade de uma imagem. Quanto maior a densidade, mais escura a imagem. Medições de densidade de amostras de tinta sólida são usadas para controlar a tinta no papel.

 

Remoção de moiré

Aplicação controlada de desfoque durante a digitalização de imagens de meio tom para torná-las mais parecidas com uma imagem de tom contínuo e minimizar efeitos de moiré.

 

Desktop Color Separation (DCS)

Formato de arquivo que consiste em quatro arquivos .eps, um para cada cor de processamento (ciano, magenta, amarelo e preto).

 

Cor dependente de dispositivo

Espaço de cor (LAB) exclusivo para um dispositivo específico e suas capacidades de renderização de cor.

 

Perfil do dispositivo

Equações matemáticas ou tabelas de busca usadas para transformar um espaço de cor comum em um espaço de cor específico de um dispositivo.

 

Cor independente de dispositivo

Especificações de cores baseadas em um modelo de cores independente (RGB, CMYK), em vez de em uma gama de um dispositivo de saída. 

 

Espaço de cor independente de dispositivo

Espaço de cor que pode ser usado para descrever todas as cores que podem ser vistas pelo olho humano, independente dos pigmentos usados para reproduzir cores para um dispositivo específico.

 

Espaço de cor específico para um dispositivo

Espaço de cores que é definido com base na maneira como um dispositivo específico reproduz as cores. RGB e CMYK são espaços de cor específicos do dispositivo.

 

Composição de cores difusa

Método para impressão de imagens de tons contínuos em uma impressora a laser, no qual as informações de tons de cinza são representadas por pontos da impressora localizados aleatoriamente.

 

Reflexão difusa
Reflexão em que a energia da luz é espalhada em várias direções por difusão na, ou abaixo da, superfície.

 

Transmissão difusa
Difusão de energia de luz transmitida por uma amostra e sujeita às leis da refração.

 

Luz difusa
Luz não direcional ou difusa.

 

Câmera digital

Qualquer sistema de câmera capaz de capturar dados de imagem para um arquivo digital.

 

Perfil de câmera digital

Perfil que descreve a conversão do espaço RGB específico da câmara digital para o sistema CIELab. O gráfico de teste determina quais as cores que formam o original serão convertidas para quais cores RGB da câmera digital. No entanto, como um gráfico de teste abrange apenas parte de toda a gama da câmara digital, é função do software de criação de perfis fornecer uma descrição das cores que estão fora da gama do dispositivo.

 

Impressão digital colorida

Tecnologia de impressão sem impacto, na qual dados digitais são impressos por dispositivos de jato de tinta, transferência térmica eletrostática, sublimação de tinta, e impressão fotográfica, pixel a pixel.

 

Meio-tom digital

Reprodução de cor e resolução espacial de dados de imagem digital que usa uma série de pontos dispostos em uma amostra quadrada.

 

Digitalização de imagens

Processo de captura de imagem, tratamento e criação da imagem final realizado por sistemas digitais.

 

Impressão fotográfica digital

Qualquer dispositivo de impressão que expõe o papel fotográfico a fontes de luz de LED, laser ou CRT usando uma entrada de dados digitais e exposição pixel a pixel.

 

Impressora digital

Qualquer dispositivo capaz de traduzir dados digitais em uma cópia impressa. Normalmente, refere-se a uma das tecnologias de saída digital como a eletrostática, de jato de tinta, transferência térmica ou de impressão de fotografias a laser.

 

Direto para impressão

Processo de impressão que permite eliminar as separações de filmes do processo de impressão.

 

Perfil da tela

Descreve os espaços de cor da câmara e da imagem. O perfil do monitor informa ao sistema de gerenciamento de cores como traduzir as cores da imagem para o espaço de cor do monitor.

 

Composição de cores

Processo utilizado por alguns dispositivos de saída para simular variações de tons de cinza ou de cores, com uma técnica de randomização que usa vários tamanhos e formas de agrupamentos de pixels em vez de um conjunto ordenado de pontos de retícula.

 

Dmáx.

Medida de densidade máxima; o preto mais preto possível.

 

Dmín.

Nível mínimo de densidade.

 

Ganho de ponto

O fenômeno que ocorre quando a tinta expande sua cobertura durante a impressão sobre um substrato, muitas vezes, causado pela absorção anormal ou excessiva de tinta pelo substrato. Também, a expansão de pontos durante a produção de placas ou em uma prensa de impressão quando a tinta molhada é empurrada para o papel e, eventualmente, absorvida por ele, o que faz com que as cores e tons pareçam mais escuros.

 

Espaçamento entre pontos

Distância entre os pontos em um monitor de computador, normalmente de 0,24 a 0,38 mm. Quanto mais próximos os pontos, mais nítida será a imagem no monitor.

 

Redução da resolução da amostra

Redução da resolução de uma imagem que resulta na perda de detalhes.

 

Pontos por polegada (dpi, na sigla em inglês)

Medida da resolução da impressora que indica quantos pontos de tinta a impressora pode colocar em uma polegada, na vertical ou na horizontal.

 

Driver

Programa que permite que um dispositivo periférico de hardware se comunique com um computador.

 

Scanner de tambor

Um tipo de scanner óptico no qual um original flexível é montado em um tambor rotativo. À medida que o tambor gira, a luz é capturada da imagem ponto a ponto, por meio do uso de um detector do tubo fotomultiplicador. 

 

Secagem

Tempo que leva para as tintas se tornarem estáveis.

 

Duotônico

Uma reprodução de duas cores de uma imagem de cor única ou de uma imagem em tons de cinza que é impressa usando duas chapas para aumentar a sua profundidade tonal.

 

Corante

Pigmento que em vez de dispersar a luz, absorve-a, reflete determinados comprimentos de onda e transmite outros. Os corantes são geralmente orgânicos e solúveis em água ou qualquer outro sistema de solventes.

 

Sublimação de tinta (Transferência por difusão)

Tecnologia de impressão colorida que forma imagens aplicando tintas gasosas no material receptor por meio do uso de um condutor térmico.

 

Faixa dinâmica

Extensão de valores do mais claro para o mais escuro.

 

E

 

Fluxo de trabalho de ligação prematura

Conversão de todas as cores para o espaço do resultado final o mais rápido possível.

 

Resolução efetiva

Aparência final de uma digitalização que foi aprimorada para produzir mais dados do que o scanner é capaz de registrar. Isso é obtido por meio de interpolação.

 

Cor de oit bits (8-bits)

Cada pixel possui oito bits que fornecem 256 cores ou tons de cinza. Uma imagem em tons de cinza é um exemplo de cor de 8 bits.

 

Espectro eletromagnético

Intervalo de todas as frequências possíveis de radiação eletromagnética. A luz é um tipo específico de radiação eletromagnética que pode ser visto e sentido pelo olho humano, mas essa energia existe em uma vasta gama de comprimentos de onda. O mícron é a unidade básica de medição do comprimento das ondas eletromagnéticas. O espectro de ondas é dividido em seções com base no comprimento das ondas. As ondas mais curtas são os raios gama, que medem 10e-6 micrômetros ou menos. Por outro lado, as ondas mais longas são as de rádio, que medem muitos quilômetros. A faixa visível consiste na parte estreita do espectro, de 0,4 mícrons (azul) a 0,7 mícrons (vermelho).

 

Eletrostático

Um processo de geração de imagem no qual um "toner" é utilizado para formar uma imagem por cargas estáticas controladas. A impressão do toner adere às áreas carregadas.

 

Elipsoide
Sólido cujas seções planas são todas elipses (curvas fechadas produzidas quando um cone é cortado obliquamente ao seu eixo por um plano).

Perfil integrado

Define o caráter da cor em uma imagem. Os perfis incorporados podem ser RGB, CIELab, CMYK ou tons de cinza e dependem do espaço de cores de trabalho selecionado ou do dispositivo de origem.

 

Objeto emissor

Objeto que emite luz. A emissão é geralmente causada por uma reação química, como a queima de gases solares ou o filamento aquecido de uma lâmpada.

 

Agente emulsificante  

Substância usada para misturar tintas que facilita a dispersão de um líquido no outro.

 

Encapsulated PostScript (EPS)

Um formato de meta-arquivo desenvolvido pela Adobe, compatível com imagens e gráficos, bitmap e vetorizados. Esse formato é compatível com diversos aplicativos e comumente usado para a transferência de arquivos entre eles. Também, compatível com RGB, CMYK e espaços de cor LAB, o formato EPS é usado com frequência para transferir arquivos de um aplicativo para outro e para a separação de cores.

 

Criptografia

Ato de codificação de um arquivo por meio do uso de programas de software para que outras pessoas não tenham acesso ao seu conteúdo.

 

Encapsulated PostScript (EPS)

Um formato de meta-arquivo desenvolvido pela Adobe®, compatível com imagens e gráficos, bitmap e vetorizados. Esse formato é compatível com diversos aplicativos e comumente usado para a transferência de arquivos entre eles. Também, compatível com RGB, CMYK e espaços de cor LAB, o formato EPS é usado com frequência para transferir arquivos de um aplicativo para outro e para a separação de cores.

 

Difusão de erro

Tecnologia de impressão que usa a colocação de pontos aleatórios para a obtenção de melhores resultados.

 

EVGA (Extended Video Graphics Array)

Exibição de vídeo com resolução de 1024 x 768 pixels.

 

Impressão de gama ampliada 

Sistema de impressão no qual os fabricantes adicionam outras cores de tinta para expandir a gama do conjunto de tintas CMYK padrão. Densidades mais leves de ciano e magenta (LC, LM), laranja e verde (O, G) e vários pretos são as mais populares.

 

Exposição

Quantidade de luz por unidade de área (a iluminação do plano da imagem multiplicada pelo tempo de exposição) que atinge um filme fotográfico ou sensor de imagem eletrônico.

 

Impressão de gama ampliada

Sistema de impressão no qual os fabricantes adicionam outras cores de tinta para expandir a gama do conjunto de tintas CMYK padrão. Densidades mais leves de ciano e magenta (LC, LM), laranja e verde (O, G) e vários pretos são as mais populares.

 

Extended Graphics Array (XGA)

Modo de exibição padrão IBM que fornece 1.024 x 768 pixels de resolução espacial e 256 cores.

 

F

 

Cores falsas
Refere-se a um grupo de métodos de renderização de cor usado para exibir imagens em cores que foram registradas nas partes visíveis ou não visíveis do espectro eletromagnético.

 

Suavizar

Técnica disponível em muitos programas de edição de imagens que suaviza as arestas em torno de uma seleção ou desvanece uma área sobre um determinado número de pixels.

 

Compactação de arquivo

Redução do tamanho de um arquivo, importante para a transferência de arquivos. Há dois tipos básicos de compactação: com perdas e sem perdas.

 

Formato de arquivo

Arranjo específico de informações digitais que é salvo de um programa de aplicativo para um determinado uso, como o Graphics Interchange Format (GIF) e o Tagged Image File Format (TIFF).

 

Filtros

Em um aplicativo de edição de imagens, uma função que usa algoritmos para modificar imagens digitais, alterando seus valores ou disposição de suas áreas específicas. Além disso, um dispositivo óptico que atenua seletivamente a intensidade da luz que o atravessa de acordo com as propriedades da luz. Filtros comuns atenuam a luz de acordo com o comprimento de onda ou o estado de polarização.

 

Firewall

Sistema de segurança que impede que acessos não autorizados transfiram recursos ou informações em uma rede para outra.

 

Flare

Luz difusa sem imagem que pode causar degradação da imagem.

 

Flash

Aplicativo da Adobe® utilizado para distribuir gráficos vetoriais e som na Internet. 

 

Scanner de mesa

Um tipo de scanner que captura dados de imagem usando um detector de gama linear.

 

Impressão flexográfica
Um processo de impressão tipográfica rotativa que usa chapas flexíveis e tintas de secagem rápida

 

Fluorescência
Processo pelo qual a energia, normalmente UV, é absorvida por certos produtos químicos ou materiais e reemitida em outros, geralmente, comprimentos de onda mais longos.

 

Lâmpada fluorescente
Uma lâmpada de mercúrio de descarga elétrica de baixa pressão, na qual um revestimento fluorescente (fósforo) transforma parte da energia ultravioleta gerada pela descarga em luz visível.

 

Agente branqueador fluorescente (FWA)
Um corante ou pigmento fluorescente que absorve a energia UV e re-emite a energia em um comprimento de onda superior como luz visível (azul violeta), o que resulta em uma aparência branca.

 

FMC-2
Equação de diferença de cor desenvolvida por Friele, MacAdam e Chickering. A equação foi derivada dos resultados de uma extensa experiência de avaliação visual. Para a maioria das cores, um valor total de diferença de cor (Delta E) de 1,0 representa uma diferença perceptível.

 

FOGRA

A Fogra, Associação Alemã de Pesquisa em Tecnologia Gráfica, localizada em Munique, na Alemanha, concentra-se na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de impressão. As tarefas da FOGRA são pesquisa, desenvolvimento, transferência de know-how para a indústria, desenvolvimento de padrões, consultoria e relatórios técnicos.

 

Candela/pé
A quantidade de luz em um ponto sobre uma superfície plana à distância de um pé e perpendicular a uma candela padrão.

 

Fonte

Qualquer tipografia que contém todos os números, letras e símbolos.

 

Formato

Área de impressão de uma impressora ou largura de uma mídia/gráfico. Geralmente, o "formato médio" mede de 11 a 24" de largura, o "formato amplo (largo)" é maior que 24” em largura, e o "formato grande" é maior que 72" em largura.

 

Processo de quatro cores

O processo de impressão que utiliza tintas ciano, magenta, amarelo e preta para simular uma grande variedade de cores, também chamado de CMYK ou impressão de processo.

 

FPO (For Position Only)

Um termo usado para uma imagem de baixa resolução utilizado em layouts de páginas para definir o posicionamento adequado da imagem de alta resolução.

 

Fractal

Padrão matematicamente gerado com uma infinita quantidade de detalhes de imagem.

 

Compactação fractal

Esquema de compactação com base em conversão de arquivos de imagem em equações matemáticas. O método pode produzir razões de compactação extremamente elevadas.

 

Retícula de modulação de frequência (FM, na sigla em inglês)

Método de retícula de meio-tom, no qual todos os micropontos da retícula têm o mesmo tamanho, mas o seu número médio por área de superfície ou frequência, varia de acordo com o valor de tom a ser reproduzido.

 

Sangria total

Termo usado quando a impressão de uma imagem ou área com tinta se estende além das bordas de todos os quatro lados da peça impressa.

 

G

 

Gama

Medida da quantidade de contraste encontrada em uma imagem de acordo com a inclinação de uma curva de gradação.  O alto contraste (curva acentuada) tem gama alto e o baixo contraste (pouco acentuada) tem gama baixo.

 

Correção de gama

Edição de correção de tons não lineares da curva de gama de uma imagem. Normalmente, é usada para manipular detalhes de sombra e clarear a imagem sem desbotar as áreas realçadas.

 

Gama

Variedade de cores disponíveis em um processo de imagem ou de saída. Diz-se que uma cor está "fora da gama", quando a sua posição no espaço de cor de um dispositivo não pode ser diretamente traduzida no espaço de cor do outro dispositivo.

 

Compactação de gama

Edição de uma imagem para reduzir a gama de cores de modo que a imagem possa ser exibida ou impressa dentro dos limites de um determinado dispositivo.

 

Mapeamento de gama

Elaborar a gama de cores de uma imagem no espaço de cores CIE.

 

Efeito fantasma

Fenômeno no qual impressões a jato de tinta ainda úmidas, quando colocadas em um quadro, formam uma imagem embaçada ou no interior da superfície do vidro. Esse problema acontece principalmente com papéis do "tipo barreira", como papéis revestidos com resina, e pode ser evitado com uma secagem completa ou acelerada da impressão.

 

Desfoque Gaussiano

Um efeito de desfoque da imagem usando uma distribuição gaussiana em forma de sino para suavizar a imagem.

 

Perda na geração

Perda de qualidade da imagem ou de dados, quando a imagem é reproduzida várias vezes.

 

Atributos geométricos
Características associadas à distribuição de luz de um objeto, incluindo brilho, embaçamento, textura, forma, ângulo de visualização e ambiente ao redor.

 

Metamerismo geométrico
Propriedade exibida por um par de amostras (em geral, altamente texturizadas) que parecem combinar em uma iluminação e ângulo de visão, mas que não combinam quando o ângulo de iluminação ou de visão é alterado.

 

Desvanecer

No software de edição de imagens, é o efeito da alteração do nível de opacidade de um objeto.

 

Graphics Interchange Format (GIF)

Formato de compactação de dados usado mais frequentemente para exibir imagens na Internet.

 

Correção de cor global

Correção de cores em uma imagem digital que afeta toda a imagem.

 

Brilho

Um parâmetro adicional a ser considerado quando se determina um padrão de cor com o matiz, valor, croma, a textura de um material e se o material tem qualidades metálicas ou peroladas. O brilho é uma tolerância adicional que pode ser especificada no conjunto de tolerância de cores de Munsell. A regra geral para avaliar o brilho de uma amostra de cor é: quanto maior a unidade de brilho, mais escura a amostra de cor parecerá. Por outro lado, quanto menor a unidade de brilho, mais clara a amostra parecerá.

 

Diferencial de brilho

Problema que pode ocorrer com certas combinações de tinta ou papel no qual reflexões escurecidas ou de efeito "bronzeado" de áreas com tinta são justapostas com áreas onde há pouca ou nenhuma tinta, resultando em reflexão total do papel. Também, é chamado de "bronzing."

 

Medidor de brilho
Um instrumento usado para medir a quantidade de brilho (um termo usado para descrever a quantidade relativa de reflexão do tipo espelho, especular, a partir da superfície de uma amostra). Esses instrumentos medem a luz refletida em ângulos especulares selecionados, como 20 graus do ângulo perpendicular, 45, 60, 75 e 85 graus. Os resultados obtidos dependem muito do design do instrumento, da técnica de calibração utilizada, dos tipos de amostras, etc.

 

Goniocromático

Adjetivo usado para descrever um material colorido que apresenta goniocromismo.

 

Goniocromismo
Fenômeno em que a cor de um material muda conforme a mudança do ângulo de iluminação ou de visão.

 

Gonioespectrofotômetro
Instrumento utilizado para medir uma curva espectrofotométrica em vários ângulos de incidência e de refletância. Os ângulos de incidência e de refletância podem ser alterados ou são oferecidos em intervalos fixos (por exemplo, 15 45, 75, 110 graus).

 

Gradação

Transição suave entre duas cores.

 

Formato de arquivo gráfico

Formato de arquivo usado para armazenar qualquer um dos formatos de arquivo que contêm imagens em formato digital, como GIF, BMP, JPG e TIF.

 

Graphic Interchange Format (GIF)

Um tipo de formato de imagem gerado especificamente para o uso em computadores. Em geral, sua resolução é muito baixa (72 dpi ou a mesma que a tela do computador), tornando-o inadequado para fins de impressão. O formato GIF é compatível com vários aplicativos e usa compactação LZW sem perdas.

 

Mesa digitalizadora

Dispositivo que fornece controle complexo de movimentos do cursor por meio do uso de uma caneta para programas gráficos ou de desenho.

 

Rotogravura

Processo de impressão que usa cilindros gravados que retêm a tinta em áreas entalhadas; ideal no trabalho de longo prazo, como na tiragem de revistas e embalagens, além disso, imprime na maioria dos substratos.

 

Gray Component Replacement (GCR)

Processo de remoção de áreas de sobreposição de tintas ciano, magenta e amarela e substituição dessa quantidade por tinta preta na separação do preto.

 

Escala de cinza

Escala acromática que varia do preto, passando por uma série de tons de cinzas sucessivamente mais claros até o branco. Essa série pode ser constituída por etapas que parecem ser igualmente distantes uma das outras (por exemplo, a escala de valor de Munsell) ou pode ser organizada de acordo com alguns outros critérios, como uma progressão geométrica com base na luminosidade. Essas escalas podem ser usadas para descrever a quantidade relativa de diferença entre duas cores semelhantes.


Resinagem 
Na litografia offset, uma operação que serve para espalhar um filme seco de resina fina sobre a superfície das áreas sem imagem para evitar a oxidação pelo oxigênio do ar.

 

H

 

h

Coordenada do ângulo de matiz no espaço de cor CIE L*C*h. O ângulo refere-se a localização do matiz no disco de cores CIE L*C*h, onde o valor do vermelho é 0, do amarelo é 90, do verde é 180 e do azul é 270.

Meio-tom

Processo de representação dos tons de uma imagem por pontos de tamanhos diferentes.

 

Célula de meio-tom

Matriz de pontos de impressora que pode ser combinada para produzir diferentes tamanhos de pontos de meio-tom (retícula).

 

Prova impressa

Prova impressa de um documento para mostrar a aparência das cores quando reproduzidas em um dispositivo de saída específico, geralmente, uma prensa de impressão comercial.

 

Embaçamento
Dispersão da luz por uma amostra responsável pela redução aparente do contraste dos objetos visto através deles ou do contraste dos objetos visto pela reflexão na superfície.

 

Tinta de secagem a quente 
Usada em uma prensa de impressão offset, uma tinta oleosa especialmente formulada cujos ligantes e veículos contêm solventes. Sua secagem é acelerada pelo aumento da temperatura.

 

Cor de alta fidelidade

Extensão da faixa tonal de imagens coloridas por meio de impressão estocástica e o uso de seis ou mais tintas coloridas para imprimir imagens, em vez das quatro cores tradicionais usadas no processo CMYK.

 

Realce

Área de um objeto brilhante sobre a qual a reflexão especular pode ser vista. Normalmente, é a cor da fonte de luz, não a do objeto.

 

Histograma

Representação gráfica dos valores de tons (brilho ou cor) em uma cena com base na frequência de ocorrência de cada valor.

 

HSB (Sigla inglesa para matiz, saturação, brilho)

Modelo de cores de três coordenadas independente de dispositivo cujos valores numéricos descrevem matiz, saturação e brilho.

 

HSL (Sigla inglesa para matiz, saturação, luminosidade)

Espaço de cor usado para representar imagens com base em coordenadas polares. A intensidade é o eixo vertical do sistema polar, o matiz é o ângulo relativo e a saturação é a distância planar do eixo. Acredita-se que o HSL seja de manipulação mais intuitiva do que o espaço RGB.

 

HSV (Sigla inglesa para matiz, saturação, valor)

Espaço de cor que descreve a cor usando três componentes básicos: matiz, saturação e brilho.

 

HTML (Hyper Text Markup Language)

Linguagem de computador que usa um grupo padrão de tags para informar a um navegador da Web como exibir textos e gráficos.

 

HTTP (Hyper Text Transfer Protocol)

Padrões que permitem aos usuários da Web transferir informações em páginas da Internet.

 

Hub

Dispositivo que conecta dois ou mais dispositivos para que eles possam se comunicar.

 

Matiz

Atributo de cor utilizado no sistema de cores de Munsell por meio do qual podemos distinguir o vermelho do verde, o azul do amarelo, etc.

Hunter Lab
Um espaço de cores uniforme (escala de cores opostas) no qual as cores estão localizadas dentro de um sistema de coordenadas retangular tridimensional; as três dimensões são luminosidade (L), conteúdo de vermelho/verde (a) e amarelo/azul (b).

 

I

ICC (International Color Consortium)

Grupo de empresas em acordo que desenvolve padrões que definem a cor e características de reprodução de dispositivos de hardware/software e mídia independente das características específicas do dispositivo.

 

Perfis ICC

Conjunto de dados que caracteriza um dispositivo de entrada de cor, um dispositivo de saída ou espaço de cor, de acordo com os padrões ICC. Os perfis descrevem os atributos de cor por meio da definição de um mapeamento entre o espaço de cor da fonte ou destino do dispositivo e um espaço de conexão de perfil, CIELAB (L*a*b*) ou CIEXYZ. Cada dispositivo que captura ou exibe cores pode ter o seu próprio perfil. O padrão ICC fornece perfis em formato RGB para scanners, câmeras digitais e monitores; em formato CMYK para impressoras e provadores; e em formato multicores para processos de impressão multicores.

 

Iluminância

Quantidade de luz que incide sobre uma amostra de área de superfície unitária, medida em lux.

 

Iluminante
Um iluminante é uma representação matemática de uma fonte de luz real teórica utilizada para calcular os valores triestímulo de uma medição espectrofotométrica. Os números representam a energia relativa da fonte teórica em cada ponto no espectro visível. A distribuição de energia relativa de uma fonte real pode ser utilizada para o cálculo, mas fontes reais são difíceis de ser padronizadas.

 

Iluminante A
Representação matemática da luz halógena de tungstênio (incandescente). Temperatura de cor: 2.856 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a iluminação direta típica de ambientes domésticos e lojas.

 

Iluminante C
Representação matemática da luz halógena de tungstênio filtrada (luz do dia). Temperatura de cor: 6.770 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula aproximadamente a luz do dia da CIE.

 

Iluminante CWF-2 (F2)
Representação matemática da luz fluorescente de banda larga usada nos EUA (luz fluorescente branca fria). Temperatura de cor: 4.150 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a iluminação típica de escritórios e lojas nos EUA.

 

Iluminante D50
Representação matemática da luz do dia ao céu do meio-dia. Temperatura de cor: 5.000 K. Os usos incluem avaliação geral da cor, testes de metamerismo e avaliação da uniformidade e qualidade da cor na indústria das artes gráficas.

 

Iluminante D55
Representação matemática da luz do dia ao céu do meio-dia. Temperatura de cor: 5.500 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula aproximadamente a luz do dia do céu do meio-dia da CIE.

 

Iluminante D65
Representação matemática aproximada da luz do dia ao céu do hemisfério norte. Temperatura de cor: 6.500 K. Os usos incluem avaliação geral da cor, testes de metamerismo, fornecimento de correlação visual com as leituras dos instrumentos de espectrofotometria e conformidade com os padrões europeus e japoneses. Simula aproximadamente a luz do dia do céu do hemisfério norte.

 

Iluminante D75
Representação matemática da luz do dia ao céu do hemisfério norte. Temperatura de cor: 7.500 K. Os usos incluem avaliação geral da cor, testes de metamerismo e avaliação visual de materiais opacos conforme descritos pelo ASTM D1729. Simula a luz do dia do céu do hemisfério norte.

 

Iluminante DLF-7
Representação matemática da luz fluorescente de banda larga usada nos EUA (Deluxe). Temperatura de cor: 6.500 K. Os usos incluem testes de metamerismo.

 

Iluminante NBF-11
Representação matemática da luz fluorescente de banda estreita usada nos EUA. Temperatura de cor: 4.000 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Nos EUA, equivalente ao TL84.

 

Iluminante SPL (D65)
Representação matemática da luz halógena de tungstênio patenteada por GretagMacbeth encontrada na cabine SpectraLight (Luz do dia). Temperatura de cor: 6.500 K. Os usos incluem a avaliação crítica da cor, testes de metamerismo, fornecimento de correlação visual com as leituras dos instrumentos de espectrofotometria, conformidade com os padrões europeus e japoneses, além de compatibilidade com o padrão automotivo atual. Simula aproximadamente a luz do dia do céu do hemisfério norte.

 

Iluminante SPL (D75)
Representação matemática da luz halógena de tungstênio patenteada por GretagMacbeth encontrada na cabine SpectraLight (Luz do dia). Temperatura de cor: 7.500 K. Os usos incluem avaliação crítica da cor, testes de metamerismo e avaliação visual de materiais opacos conforme descritos pela norma ASTM D1729. Simula a luz do dia do céu do hemisfério norte.

 

Iluminante SPL (HOR)
Representação matemática da luz halógena de tungstênio como a encontrada na cabine SpectraLight (Horizonte). Temperatura de cor: 2.300 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a luz ao nascer e ao pôr do sol.

 

Iluminante TL83
Representação matemática comercial da luz fluorescente (de fósforo raro na terra) de banda estreita utilizada na Europa e Costa do Pacífico. Temperatura de cor: 3.000 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a iluminação típica de escritórios e lojas na Europa e Costa do Pacífico.

 

Iluminante TL84
Representação matemática comercial da luz fluorescente (de fósforo raro na terra) de banda estreita utilizada na Europa e Costa do Pacífico. Temperatura de cor: 4.100 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a iluminação típica de escritórios e lojas na Europa e Costa do Pacífico.

 

Iluminante TL85
Representação matemática comercial da luz fluorescente (de fósforo raro na terra) de banda estreita utilizada na Europa e Costa do Pacífico. Temperatura de cor: 5.000 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a iluminação típica de escritórios e lojas na Europa e Costa do Pacífico.

 

Iluminante U30
Representação matemática comercial da luz fluorescente (de fósforo raro na terra) de banda estreita. Temperatura de cor: 3.000 K. Os usos incluem testes de metamerismo. Simula a iluminação típica de lojas da Sears. Nos EUA, equivalente ao TL83.

 

Tratamento de imagem

Processamento da imagem para melhorar elementos como cor, faixa tonal e defeitos.

 

Imagesetter

Impressora de alta resolução (geralmente entre 1.270 e 4.000 dpi) usada na indústria de impressão para transferir uma imagem bitmap para um substrato sensível à luz. 

 

Importação

Capacidade de um aplicativo de software tem de importar arquivos que não estão no mesmo formato de arquivo nativo.

 

Imposição

Processo de colocação das páginas de uma publicação na posição correta de modo a garantir a ordem de funcionamento após a impressão e encadernação.

 

Incandescente
Lâmpada em que a luz é produzida quando um filamento aquecido por uma corrente elétrica brilha.

 

Cores indexadas

Subconjunto de cores de um sistema de cores específico que define a paleta utilizada em uma imagem. 

 

Tinta

Substância fluida ou viscosa usada para escrita ou impressão. Na impressão digital, a substância (líquida ou sólida) da impressão a jato de tinta que é pulverizada sobre o suporte, que consiste em um pigmento, solvente ou veículo, e vários aditivos.

 

Aditivo de tintas  
Resinas utilizadas como aditivos em tintas de impressão comercial para modificar a adesão, a resistência do filme e o brilho da tinta.

 

Tinteiro
Reservatório ou bandeja acoplado à impressora offset que contém tinta de impressão.

 

Limite de tinta

Controle dentro de um programa que limita a porcentagem de tinta aplicada a uma área de impressão.

 

Impressora jato de tinta

Tipo de tecnologia de impressão sem impacto que pulveriza pequenas gotas de tinta sobre uma superfície.

 

Listra de tinta
Faixa de tinta deixada na chapa que indica a pressão dos rolos.

 

Tintagem 
Distribuição da tinta na forma pelos rolos de tintagem.

 

Dispositivo de entrada

Qualquer dispositivo de hardware que envia informações para um computador, por exemplo, uma câmara digital ou scanner.

 

Perfil de entrada

Descreve os atributos de cor de um dispositivo de entrada especial, como uma câmera digital ou scanner, para permitir conversões de cores precisas para um dispositivo de saída

 

Esfera de integração

Esfera fabricada ou revestida com um material altamente refletor que difunde a luz no seu interior.

 

Exibição entrelaçada

Técnica para exibir imagens em uma resolução maior do que a do monitor. Duas imagens em que cada segunda linha de pixels é exibida alternadamente durante cada atualização da tela (por exemplo, a cada quinquagésimo de segundo), criando um artefato oscilante.

 

Internet

Conjunto de redes interconectadas que formam uma rede TCP/IP global.

 

Internet Service Provider (ISP)

Organização que vende acesso à Internet.

 

Resolução interpolada

Processo para aumentar o tamanho da imagem que utiliza pixels próximos para estimar a cor dos pixels na imagem maior que será criada. Por meio do cálculo da média dos valores de cor dos pixels adjacentes, novos pixels de imagem podem ser criados para ajudar a atenuar o efeito serrilhado (também conhecido como alias).

 

Intranet

Uma rede interna que usa o padrão TCP/IP para permitir o compartilhamento de recursos como impressoras, arquivos e espaço de armazenamento em um servidor.

 

Inverter

Inverter valores e/ou cores claras e escuras de uma imagem.

 

IP (Endereço de protocolo da Internet)

Endereço de um computador em uma rede TCP/IP escrito em quatro grupos de até três dígitos separados por pontos, por exemplo: 121.119.115.11.

 

ISO

Representação da sensibilidade à luz de um sensor de imagem, quanto maior seu número, maior a sensibilidade à luz.  O ruído pode aumentar conforme aumenta o ISO. 

 

IT8

Destinos de teste padrão para a caracterização de cores de diferentes dispositivos e mídias, como scanners e impressoras, estabelecidos pelo Comitê IT8 do American National Standards Institute (ANSI).

 

J

 

Serrilhado

Efeito causado por imagens ou linhas que estão sendo renderizadas em uma resolução muito baixa produzindo um efeito dentado que dá à imagem uma aparência irregular. Também conhecido como “aliasing”.

 

JPEG (Joint Photographic Experts Group)

Formato de arquivo bitmap colorido de 24 bits, que permite ao usuário especificar a quantidade de compactação com perda aplicada ao arquivo. Esse formato é compatível com a maioria dos aplicativos de imagens e é mais adequado para o uso em imagens de tons contínuos.

 

JPEG 2000 (JPEG 2000: sistema de codificação de imagem)

Oficialmente chamado de ISO 15444, um formato padronizado que expandirá a capacidade para gerenciar e transferir imagens de tons contínuos sem perda perceptível de qualidade.

 

K

 

K/S (“K sobre S”)
Relação do coeficiente de absorção (K) versus o coeficiente de dispersão (S) de uma medição de refletância. A razão é derivada matematicamente da medição da refletância da seguinte maneira: onde R é refletância expressa como um decimal (por exemplo, 60% de R é 0,6 R).

Kelvin (K)

Unidade de medição da temperatura de cor que é utilizada em imagens para definir a qualidade de uma fonte de luz de acordo com a temperatura absoluta de um corpo negro que irradiaria energia equivalente. Geralmente, uma lâmpada de leitura de tungstênio é classificada em 2.800 graus Kelvin, as luzes da TV ou de quartzo de filmes são classificadas em 3.200 graus Kelvin e a luz do ambiente externo em aproximadamente 5.600 graus Kelvin. Quanto mais alta for a temperatura em Kelvin, mais azulada a luz parece. 

 

Tamanho do Kernel

Número de pixels mostrado na manipulação e nos processos de melhoria de imagem. 

 

Key

Termo correspondente à tinta preta no processo de impressão CMYK.

 

Quiosque

Estação de autosserviço criada em um local público que permite aos clientes o acesso a vários recursos de imagem e de saída. 

 

Kubelka-Munk
Teoria fenomenológica do meio turvo que relaciona a refletância e a transmitância de materiais capazes de dispersar e absorver constantes ópticas. A teoria inclui variáveis em que K representa o coeficiente de absorção e S o coeficiente de dispersão para as concentrações de pigmentos. Também conhecida como dados K sobre S, essa relação é a base de praticamente todos os cálculos de combinação de cor do computador.

 

L

 

L*a*b* (CIELAB)

Modelo de cores que melhor descreve a visão humana. O modelo consiste em três variáveis: L* corresponde à luminosidade, a* a um eixo de cor e b* a outro eixo de cor.

 

Lei de Lambert
Fluxo refletido por um sólido proporcional ao cosseno do ângulo medido a partir da normal (perpendicular) à superfície.

LAN (Local Area Network)

Grupo de computadores que operam com uma distância limitada, por exemplo, dentro de um escritório ou edifício.

 

Verniz 
Resinas ou solventes transparentes à base de água aplicados a uma folha impressa para protegê-la ou proporcionar um acabamento brilhante, fosco ou acetinado.

 

Grande formato

Impressora, mídia ou impressão que mede a partir de 24" de largura.

 

Laser

Feixe de luz intensamente focalizado com uma distribuição espectral muito estreita. Os lasers são usados na gravação de dados em mídias de armazenamento, como CDs, ou em alguns tipos de impressoras digitais.

 

Impressora a laser

Impressora que utiliza um feixe de laser para gravar em um tambor rotativo fotocondutor revestido com toner. Depois que a imagem é transferida para o papel, ele passa por um par de rolos aquecidos ou um fusor que derrete o toner para fixá-lo nas fibras do papel.

 

Laço

Ferramenta encontrada em muitos aplicativos de edição de imagens que permite ao usuário selecionar uma área da imagem, traçando uma linha em torno dela.

 

Fluxo de trabalho de ligação atrasada

Atraso na conversão da cor para o espaço de resultado final até o final do fluxo de trabalho.

 

Lux

Medida da intensidade de luz que atinge ou atravessa uma superfície, conforme percebida pelo olho humano.

 

Camada

Nível de uma imagem que pode ser editado de forma independente do resto da imagem.

 

Sobreposição de camadas

Nos softwares de edição de imagem, a colocação de uma imagem ou gráfico sobre o outro, de modo que a opacidade da imagem superior possa permitir que a imagem inferior apareça através dela.

 

LCD (Liquid Crystal Display)

Tecnologia de monitores de computador baseada na mudança de densidade óptica de certos tipos de moléculas quando colocadas em um campo elétrico. Os monitores LCD podem ser de matriz ativa ou de matriz passiva.

 

LED (Light Emitting Diode)

Semicondutor que emite luz quando uma carga elétrica passa através dele. Os LEDs são usados em monitores e em alguns tipos de impressoras fotográficas digitais.

 

Lenticular

Combinação de imagens digitais entrelaçadas que, quando vistas com uma lente de plástico especialmente desenvolvida, cria a ilusão de profundidade ou movimento.

 

Iluminação 

Radiação eletromagnética que possui um comprimento de onda na faixa de 380 (violeta) e, aproximadamente, 770 nanômetros (vermelho) e pode ser percebida pelo olho humano normal, sem auxílio.

 

Fonte de luz

Elemento em um instrumento ou na situação de observação visual que fornece energia radiante na forma de luz. A emissão pode também ser descrita em termos da sua temperatura de cor correlacionada.

 

Resistente à luz

Resistente à degradação provocada pela luz.

 

Luminosidade L*

Uma das três dimensões que descrevem as cores. O atributo pelo qual os observadores distinguem objetos brancos de objetos cinza e objetos coloridos claros de objetos coloridos escuros.

Line Art (imagem a traço)

Diagramas ou desenhos de uma única cor. Uma imagem que exige bordas precisas e alto contraste entre as áreas da imagem que têm tinta e as que não têm. Um desenho em apenas preto e branco, sem informações de tons de cinza intermediários. Essas imagens requerem maior resolução para a criação da nitidez necessária.

 

Matriz linear

Sensor de imagem composto de pontos de luz vermelha, verde e azul dispostos em uma fileira. 

 

Linearização

Processo de medição e correção da incapacidade de um dispositivo de reconhecer ou reproduzir uma linha reta de tons do preto ao branco. A linearização é a primeira etapa crítica na criação de qualquer sistema de cores.

 

Resolução de tela em linhas

Termo da área de impressão que define a densidade dos elementos de uma célula de meio-tom como o número de linhas de pontos de tinta por polegada ou milímetro.

 

Litografia

Processo de impressão a partir de uma chapa de pedra ou metal na qual a imagem a ser impressa tem afinidade com tinta e a área em branco rejeita tinta.

 

Correção de cor local

Correção de cor que afeta apenas uma área selecionada de uma imagem.

 

Log de absorbância
Logaritmo de base 10 dos valores de absorbância em cada comprimento de onda. Um gráfico do espectro (log de absorbância em relação ao comprimento de onda) mostra que as distâncias verticais entre duas curvas (amostras) são praticamente as mesmas para todos os comprimentos de onda. Portanto, a posição vertical da curva está diretamente relacionada com a concentração de pigmento ou espessura da amostra. Além disso, a forma da curva independe da concentração do pigmento ou espessura da amostra.

 

Log de K/S
Logaritmo de base 10 dos valores de K/S em cada comprimento de onda. Um gráfico do espectro (log de K/S em relação ao comprimento de onda) mostra que as distâncias verticais entre duas curvas (amostras) são praticamente as mesmas para a maioria dos comprimentos de onda. Portanto, a posição vertical da curva está diretamente relacionada com a concentração de pigmento. Além disso, a forma da curva é praticamente independente da concentração do pigmento.

 

Tabela de busca (LUT, na sigla em inglês)

Tabela de valores de cores que é usada para converter um espaço de cor em outro para entrada e saída de dados digitais para diferentes tipos de dispositivos de saída.

 

Compactação sem perda

Técnica de compactação na qual arquivos menores são obtidos sem a perda de qualquer um dos valores de dados originais. Isso é conseguido por meio de uma variedade de esquemas de codificação que permitem que os dados originais sejam recriados a partir do formato compactado.

 

Compressão com perda

Técnica de compactação na qual arquivos menores são obtidos por meio da eliminação de alguns dados da imagem original. A quantidade de dados originais a ser mantida é definida pelo usuário com base na qualidade necessária para o uso desejado.

 

lpi (sigla inglesa para linhas por polegada)

Número de linhas por polegada em uma tela de meio-tom. Em geral, quanto maior for o lpi, maior será a resolução e a qualidade do material impresso.

 

Lúmen

Medida da taxa em que uma fonte emite luz. O lúmen ANSI é usado para definir o brilho de retroprojetores e projetores de vídeo.

 

Luminância

Taxa em que uma fonte emite luz em uma direção específica. Além disso, a parte de brilho de um sinal de vídeo composto.

 

Luminosidade

Distribuição dos valores claros e escuros de uma imagem.

 

Polimento
Aparência característica de uma superfície que reflete mais em algumas direções do que em outras, mas não com um brilho de modo a formar imagens espelhadas claras.

 

Lux 

Medida da intensidade de luz que atinge ou atravessa uma superfície, conforme percebida pelo olho humano.

 

M

 

Elipses de MacAdam
Elipsoides localizados no diagrama de cromaticidade que correspondem a uma diferença perceptível da cor representada pelo centro do elipsoide. O tamanho e a forma dos elipsoides dependem de sua localização no diagrama de cromaticidade.

 

Unidade de MacAdam
Unidade de diferença de cor conforme calculada pela equação FMC-2. Uma (1:0) unidade MacAdam corresponde a uma diferença perceptível com base em resultados experimentais.

 

Ferramenta de seleção

Ferramenta em programas de edição de imagem, geralmente, representada por linhas pontilhadas animadas ao redor da área selecionada.

 

Máscara

Efeito especial que pode modificar as imagens de modo que apenas uma parte da imagem possa ser vista ou que a imagem se misture com o fundo.

 

Combinação
Geralmente, duas cores combinam se parecem ser a mesma (têm os mesmos valores de coordenadas de cor). A palavra "combinação" muitas vezes é usada para indicar uma combinação espectral, o que significa que as duas cores parecerão ser a mesma (tem as mesmas coordenadas de cor), independentemente do iluminante ou observador.

 

Matriz

Chapa ou superfície sobre a qual uma imagem é gravada para reter a tinta antes da transferência da imagem para um substrato ou papel. Em termos digitais, a matriz se torna o arquivo eletrônico localizado no disco rígido de um computador ou armazenado em um disco ou CD. Essa matriz é composta de informações binárias codificadas que podem descrever a forma como o arquivo de imagem deve aparecer na tela ou impressão de varredura digital.

 

Acabamento fosco

Superfície que não exibe brilho quando observada de qualquer ângulo; uma superfície refletora altamente difusa.

 

Mídia

Material a ser impresso, por exemplo, papel, tela, algodão ou plástico. Mídia e substrato são os termos mais comuns usados na impressão digital.

 

Meta-arquivo

Formato de arquivo que contém dados bitmap e vetoriais e pode ser usado em máquinas e aplicativos diferentes.

 

Par metamérico

Par de cores que combinam quando vistas sob um conjunto de condições de visualização, mas que não combinam quando as condições de visualização são alteradas.

 

Metamerismo

Fenômeno exibido por um par de cores que combinam sob um ou mais conjuntos de condições reais ou calculados e não combinam quando essas condições são alteradas.

 

Índice de metamerismo (IM)

Fórmula especial que calcula a diferença entre as duas cores sob duas fontes de luz diferentes. Um IM superior a 2 geralmente indica que o metamerismo é visível para o olho humano.

Mezzotint

Processo de gravação tonal no qual a superfície da chapa é alterada com uma malha de pequenos pontos salientes, em seguida, a imagem é produzida pelo achatamento e polimento de áreas selecionadas impressas como destaques.

 

Microporo

Mídia de jato de tinta que tem um revestimento receptor com espaços vazios que são preenchidos com tinta. A tinta é rapidamente absorvida no interior da mídia em vez de ser a aplicada à superfície. Essa absorção rápida torna-a instantaneamente "seca" ao toque.

 

Tons intermediários

Tons em uma imagem que estão no meio da faixa tonal, entre o tom mais claro e o mais escuro. Também chamado de "valores intermediários".

 

Perfil faltando (Incompatibilidade)

No Adobe® Photoshop®, a mensagem de incompatibilidade de perfil indica que o software encontrou uma imagem cujo perfil incorporado é diferente do espaço de trabalho atual.

 

Moiré

Efeito de padrão indesejável que eventualmente aparece em combinações de sobreposição de meios-tons. Alterações nos ângulos da retícula costumam eliminar esses padrões. 

 

Calibração de monitor

Processo de ajuste de um monitor de vídeo de acordo com um conjunto conhecido de valores para combinar dispositivos de entrada e saída. 

 

Perfil do monitor

Descreve as coordenadas angulares RGB, as curvas de gradações para cada canal de cor, o ponto preto e o ponto branco.

 

Monocromática

Imagem criada com a gama de apenas uma cor.

 

Monoimpressão

Uma entre uma série de impressões em que cada cópia tem algumas diferenças de cor, desenho, textura, etc. aplicadas a uma imagem básica comum.

 

Montagem

Combinação perfeita de imagens divergentes em uma única imagem.

 

Efeito de transformação

Mescla de duas imagens movendo suavemente pontos de suas posições originais para novas posições para formar uma única imagem.

 

Manchas

Textura vista nas áreas uniformes ou de tom único em uma imagem que pode ser causada por uma falha de processamento e uso inadequado de diversos processos digitais como a máscara de nitidez em excesso.

 

Compactação MPEG (Motion Picture Expert Group)

Uma variedade de técnicas de compactação de vídeo e áudio capazes de reduzir os arquivos de dados em proporções de até 200:1.

 

Impressão multicolorida

Impressão em cores de processamento, com a adição de uma quinta, sexta ou sétima cor para ampliar a gama de cores e produzir cores mais precisas. O PANTONE Hexachrome® é um sistema de seis cores, que inclui laranja e verde para impressão com uma gama de cores ampliada.

 

Multimídia

Síntese de tipos de mídias digitais que combina texto, gráficos, áudio, animação e vídeo em um formato interativo.

 

Sistema de Munsell (de notação de cores)

Modelo de cores que identifica cores específicas de acordo com a sua tonalidade, valor e croma. O sistema consiste da observação de mais de 3 milhões de amostras que as pessoas distinguem ter diferenças de matiz, croma e valor.

 

N

 

Nanômetro (nm)

Unidade de medida equivalente a um milionésimo de milímetro. Os comprimentos de onda são medidos em nanômetros.

 

Fluorescente de banda estreita
Termo genérico para produtos como lâmpadas fluorescentes Ultralume e TL84 que produzem bandas estreitas de energia de luz visível em função da sua mistura de fósforo.

Ruído

Nova coloração aleatória de pixels para criar um padrão granulado.

 

Impressora sem impacto

Qualquer tecnologia de impressão em que as marcas são feitas no papel sem contato físico entre a impressora e o papel.

 

Não entrelaçado

Sistema de vídeo que exibe todas as linhas horizontais na tela em sucessão. Os monitores de computador são geralmente não entrelaçados, já os monitores de vídeo de televisão normalmente são entrelaçados.

 

Combinação não metamérica
Par de cores que parecem ser idênticas a todos os observadores em todas as condições de iluminação e visualização; combinação incondicional.

 

Visão normal da cor
Visão de um observador normal, que não apresenta nenhum sintoma de resposta de cor irregular ou prejudicada.

 

O

 

Objeto

Em multimídia, uma sequência de vídeo, arquivo de áudio ou elemento de dados armazenados de representação gráfica; um desenho baseado em vetores.

 

Funções de observador

Resposta do olho humano normal médio a cada comprimento de onda que foi medida por meio da realização extensiva de experimentos pela CIE. Como há três tipos de sensores de cor, há três funções de observador que compõem o que é conhecido como o observador padrão.

 

Observador

Observador humano que recebe um estímulo e experimenta uma sensação a partir dele. Na visão, o estímulo é visual e a sensação é uma aparência.

 

Metamerismo de observador
Ocorre quando duas cores combinam quando vistas por um observador, mas não combinam quando vistas por outro.

 

Observador padrão

As características de resposta espectral do observador médio definidas pela CIE. Dois conjuntos de dados foram definidos, os dados de 1931 para o campo visual 2 (visão à distância) e os de 1964 para o campo visual 10 anelar (aproximadamente a visão do comprimento do braço).

 

OCR (Optical Character Recognition)

Tecnologia usada para converter texto digitalizado em páginas impressas em texto ASCII editável.

 

Impressão offset (Litografia offset)

Método de impressão comercial no qual a tinta é transferida de uma chapa de impressão para um rolo de borracha e, em seguida, para o papel.

 

OLE (Object Linking and Embedding)

Padrão que fornece um canal de software para inserir um objeto em um documento que ainda possui um link para o seu aplicativo original.

 

Impressão sob demanda

Aplicação digital de impressão em que os documentos podem ser enviados a partir de um banco de dados diretamente para o dispositivo de impressão em quantidades variáveis de acordo com a frequência necessária.

 

Opacidade

Falta de transparência ou translucidez. A medida da quantidade de luz que pode atravessar um material. A densidade de uma camada ou cor.

 

Opaco

Termo utilizado para descrever a opacidade total, ou seja, o grau com que uma amostra obscurece o substrato sob dela; oposto de transparente.

 

Sistema operacional  

Sistema utilizado pelo computador para controlar operações básicas de entrada e saída e permitir a operação de aplicativos de software. Exemplos: Mac OS, Windows, UNIX e Linux.

 

Teoria da cor oponente
Teoria que explica conceitualmente como o sistema visual humano (combinação de olhos e cérebro) percebe a cor. Para o sistema visual humano, vermelho e verde são opostos e amarelo e azul são opostos. Para um observador humano, isso significa que algo que é vermelho não contém verde (também pode ser azul ou amarelo), enquanto algo que é amarelo não contém azul (também pode ser vermelho ou verde). Algo que não é nem vermelho nem verde, é neutro em relação ao conteúdo de vermelho ou verde. Algo que não é nem amarelo nem azul, é neutro em relação ao conteúdo de amarelo ou azul. Se uma cor é neutra em relação às duas, ela é neutra "incolor" (como a preta, cinza ou branca). Essa teoria é a base para a maioria dos espaços uniformes de cor (especialmente os CIELab, CIELCh e Lab).

Resolução óptica

Resolução física máxima de um dispositivo. A resolução óptica proporciona melhor qualidade de imagem que a resolução interpolada que usa software para criar informações adicionais de imagem. 

 

Orientação

Direção na qual a página é impressa; horizontal = paisagem, vertical = retrato.

 

Fora da gama

Na impressão comercial, uma faixa de cores que não pode ser produzida dentro do espaço de cor CMYK.

 

Dispositivo de saída

Um dispositivo de hardware que exibe informações para um computador, como um monitor ou impressora.

 

Perfil de saída

Descreve os atributos de cor de um dispositivo de saída especial, como um monitor, projetor ou impressora, para permitir conversões de cores precisas de um dispositivo de entrada.

 

P

 

Paleta

Gama de cores ou tons disponível no processamento de imagens. Além disso, um menu móvel de ferramentas ou opções encontrado em aplicativos de software.

 

PANTONE®

Empresa mais conhecida pelo seu Pantone Matching System (PMS), um espaço de cor proprietário utilizado em várias indústrias como a de impressão e tintas, de fabricação de tecidos e plásticos. O Pantone Color Matching System é um sistema de reprodução de cores padronizadas no qual diferentes fabricantes em diferentes locais se baseiam para identificar e comunicar mais de 3.000 cores distintas.

 

Sistema PANTONE

Um dos sistemas de especificação de cores mais conhecido e usado por designers e impressores para comunicar dados de cor. Disponível em material fosco, com e sem revestimento, cada livro de amostras contém uma série de cores que podem ser consultadas com base na notação atribuída pela PANTONE.

 

PDF (Portable Document Format)

Tipo de documento criado pela Adobe®para fornecer um método de exibição de informações entre plataformas. A conversão de um arquivo para o formato PDF permite que todos os elementos como texto, gráficos ou arquivos PostScript, sejam representados com precisão em qualquer sistema de computador quando visualizados com o software gratuito Adobe® Acrobat® PDF Reader.

 

Intenção de processamento perceptiva

O processamento perceptivo tenta preservar alguma relação entre as cores fora da gama compactando toda a faixa tonal, mesmo que isso resulte em imprecisões de cores na gama. O resultado são gradações de cores suaves generalizadas. Embora o processamento perceptivo compacte toda a gama, ele remapeia os tons centrais de maneira mais precisa do que os da borda da gama. O processamento colorimétrico perceptivo e relativo são os tipos de conversão mais úteis na fotografia digital.

 

Periférico

Qualquer dispositivo externo que possa ser ligado a um computador.

 

Impressora de mudança de fase

Impressora a jato de tinta na qual a tinta é inicialmente sólida, mas depois é aquecida, liquidificada e pulverizada sobre um substrato.

 

Fósforo

Material que emite luz quando excitado por carga elétrica, usado para a criação de unidades de exibição do tubo de raios catódicos.

 

Fotocromismo
Mudança de cor reversível de uma amostra devido à exposição à luz.

 

Photoshop (.psd)  

Formato de arquivo proprietário do Adobe® Photoshop® compatível com todos os recursos do aplicativo como camadas, máscaras, canais. Pode não ser possível acessar este formato de arquivo por outros aplicativos.

 

Visão fotópica
Adjetivo usado para descrever a visão mediada pelos cones receptores na retina do olho, que provoca uma sensação de cor que ocorre em níveis elevados e médios de luminância.

 

PICT (.pct)

Formato de arquivo de cor bitmap de até 32 bits, originalmente criado para ser compatível com aplicativos gráficos que funcionam na plataforma Macintosh® da Apple®. Esse formato é compatível com diversos aplicativos e comumente usado para a transferência de arquivos entre eles. Este formato de arquivo pode utilizar esquemas de compactação JPEG com perdas.

 

Pigmento

Tipo de pigmento composto de partículas constituídas por muitas moléculas de corante sintético ou negro de fumo; geralmente mais estáveis que corantes da mesma cor. Tintas pigmentadas de jato de tinta são creditadas com a melhor longevidade e podem ter uma gama de cores mais estreita.

 

Pixel

Pontos individuais que são usados para exibir imagens em um monitor de computador. O número de pixels define o tamanho e a resolução da imagem.

 

Profundidade do pixel

Quantidade de dados usados para descrever cada ponto colorido na tela do computador. Por exemplo, em uma profundidade de pixels igual a um, apenas as cores preta e branca podem ser exibidas; em uma profundidade de pixel igual a quatro, dezesseis cores diferentes podem ser exibidas.

 

Impressão planográfica

Na gravura, uma superfície plana recebe tinta, em vez de ser entalhada ou gravada em relevo para retê-la.

 

Cilindro da chapa (impressão) 
Cilindro que transporta o papel durante a impressão em algumas prensas e impressoras offset. O funcionamento deste cilindro varia de acordo com o processo de impressão.

 

Placa de vidro

Superfície de vidro de um scanner de mesa sobre a qual a arte reflexiva é colocada para a digitalização.

 

Plug and Play

Capacidade de um sistema operacional de identificar e configurar o sistema para incorporar periféricos.

 

Módulo de plug-in

Software de terceiros que é carregado na pasta de plug-ins do Photoshop® e acessível a partir de um menu do aplicativo.

 

PMT (sigla em inglês para Tubo fotomultiplicador)

Dispositivo de detecção de luz normalmente encontrado em scanners de tambor. Esses tubos a vácuo são muito mais sensíveis à luz que os chips CCD.

 

PNG (Portable Network Graphics)

Formato de arquivo de bitmap colorido de 24 bits que utiliza compactação sem perdas, originalmente concebido como uma alternativa ao formato GIF para a transferência e visualização de imagens on-line.

 

Retrato (Modo)

Orientação de uma imagem que é mais alta (vertical) do que larga (horizontal). Além disso, uma configuração que controla o dispositivo de saída para adequar corretamente um documento de computador ao meio de impressão.

 

Verniz

Material transparente aplicado como um revestimento final para proteger impressões ou trabalhos de arte.

 

Posterização

Conversão de uma imagem para uma forma mais elementar, reduzindo o número de valores tonais, criando um resultado forte e surrealista.

 

PostScript

Linguagem de descrição de página criada e licenciado pela Adobe® usada para exibir e imprimir fontes e imagens.

 

ppi (sigla inglesa para pixels por polegada)

Unidade que é utilizada para medir a resolução de uma imagem bitmap.

 

Análise

Processo de verificação de possíveis problemas em um trabalho, como fontes e imagens faltando ou sistemas de cores incompatíveis, antes de a tarefa entrar em um fluxo de trabalho.

 

Pré-impressão

Processo de preparação de um trabalho para que ele seja impresso, por exemplo, do layout do texto e das separações de cores.

 

Cores primárias

Geralmente três cores que são combinadas para produzir a gama completa das outras cores dentro de um modelo de cor. Todas as cores que não primárias são misturas de duas ou mais cores primárias. Vermelho, verde e azul são as cores primárias do modelo de cores aditivas. Ciano, magenta e amarelo são as cores primárias do modelo de cores subtrativas.

 

Densidade de impressão ou densidade óptica (OD, na sigla em inglês)

Absorção visualmente perceptível e mensurável da luz sobre a superfície de um meio, devido à presença de um pigmento. A OD mede apenas a densidade da superfície de uma cópia impressa seca, não a densidade da quantidade total de tinta que foi pulverizada sobre o meio.

 

Impressão sob demanda

Capacidade da impressão digital de produzir impressões individuais ou esporádicas ao longo de um período prolongado de tempo, possibilitando pedidos de um pequeno número de cópias quando necessário.

 

Permanência da impressão

Resistência de uma impressão em relação a alterações físicas de qualquer tipo e de qualquer fonte como luz, calor, ácidos, etc.

 

Fornecedor de serviços de impressão (PSP, na sigla em inglês)

Agência comercial de impressão digital ou empresa que recebe um arquivo de imagem de um artista e imprime-o com as especificações do artista.

 

Driver de impressão

Software específico que permite que um computador se comunique com a impressora. (Veja também RIP)

 

Perfil da impressora
Serve para que o sistema de gerenciamento de cores converta as cores da imagem no espaço de cor da impressora e as cores sejam impressas corretamente.

 

Impressão de cores de processamento

Impressão que utiliza tintas das três cores primárias (ciano, magenta e amarelo), além da preta.

 

Perfil

Descreve como um dispositivo vê a cor caracterizando um dispositivo de entrada, um dispositivo de saída ou espaço de cor, de acordo com os padrões ICC. Os perfis descrevem os atributos de cor por meio da definição de um mapeamento entre o espaço de cor da fonte ou destino do dispositivo e um espaço de conexão de perfil, CIELAB (L*a*b*) ou CIEXYZ. Cada dispositivo que captura ou exibe cores pode ter o seu próprio perfil. O padrão ICC fornece perfis em formato RGB para scanners, câmeras digitais e monitores; em formato CMYK para impressoras e provadores; e em formato multicores para processos de impressão multicores.

 

Perfil (Fotografia)

Em um fluxo de trabalho fotográfico, um perfil de cor descreve como um dispositivo produz cores. Os perfis personalizados são criados usando um software de gerenciamento de cores para cada dispositivo no fluxo de trabalho: câmeras, monitores, tablets, telefones, projetores e impressoras.

 

Perfil (Projetor) O sistema de gerenciamento de cores converte as cores da imagem para o espaço de cor do projetor para que as cores tenham a aparência correta quando forem exibidas em uma tela.

 

Perfil (Scanner)  Um perfil de scanner descreve a conversão do espaço RGB específico do scanner para o sistema CIELab. O gráfico de teste determina quais as cores que formam o original serão convertidas para quais cores RGB do scanner. No entanto, como um gráfico de teste abrange apenas parte de toda a gama do scanner, é função do software de criação de perfis fornecer uma descrição das cores que estão fora da gama do dispositivo.

 

Perfil (Tablet)

O sistema de gerenciamento de cores converte as cores da imagem para o espaço de cor do tablet para que as cores apareçam corretamente quando forem exibidas em uma tela.

 

Perfil (Vídeo)

Em um fluxo de trabalho de vídeo, um perfil de cor descreve o processo de criação de um olhar específico (LUT) para a captura de vídeo.

 

Editor de perfil

Programas que permitem aos usuários o "ajuste" de perfis ICC para uma melhor combinação subjetiva de cores.

 

Prova

Um protótipo que mostra ao impressor e ao cliente a aparência que o trabalho terá após a impressão para que as alterações necessárias possam ser feitas antes que o trabalho vá para a prensa. Provas de fotos individuais são conhecidas como provas aleatórias. As provas de páginas são chamadas de provas de página. Provas que mostram como múltiplas páginas são organizadas em uma grande folha de impressão são conhecidas como provas de imposição.

 

Provador

Dispositivo usado para mostrar qual aparência um trabalho de impressão terá antes que ele vá para a prensa.

 

Psicofísica
Termo usado para descrever a área de ciência da cor que trata da relação entre a descrição física e a percepção sensorial das cores.

 

Pureza

Grau de saturação da cor.

 

Q

 

Tintas quadtone

Tintas especiais multimonocromáticas (P&B).

 

Quark

Software de layout de páginas para profissionais de design e publicação.

 

Fila

Uma série de tarefas ou operações em espera para serem executadas por um computador ou dispositivo periférico.

 

QuickTime

Aplicativo de reprodução de vídeo e som desenvolvido pela Apple® Computer.

 

Tinta de secagem rápida
Tinta que tem uma secagem muito mais rápida do que as tintas convencionais; contém uma quantidade de solvente que é rapidamente absorvida pelo papel e acelera a secagem.

 

R

 

Energia radiante

Forma de energia que consiste no espectro eletromagnético e viaja a 299.792 km/s através do vácuo e mais lentamente em meios mais densos (ar, água, vidro, etc.). A natureza da energia radiante é descrita pelo seu comprimento ou frequência de onda, embora também se comporte como a quanta de luz distinta (teoria corpuscular). Os vários tipos de energia podem ser transformados em outras formas de energia (elétrica, química, mecânica, atômica, térmica, radiante), mas a energia em si não pode ser destruída.

 

Imagem raster

Imagem composta de linhas de pixels em um layout de grade ou bitmap.

 

Rasterização

Conversão de informações de imagem de vetor para informações de imagem raster.

 

RAW  

Formato de arquivo que permite que o usuário especifique o tipo, criador e informações de cabeçalho do arquivo e suporta informações de cor de até 48 bits sem compactação. Devido à quantidade de informações e conhecimentos exigidos para utilizar este formato, ele raramente é usado por iniciantes.

 

Papel revestido com resina

Termo referente ao papel fotográfico usado na maioria das aplicações de impressão colorida e em algumas preto e branco que tem revestimento de polietileno dos dois lados.

 

Revestimento receptor

Uma camada de produto químico aderente à superfície de uma mídia que recebe e fixa a tinta do bico da cabeça de impressão.

 

Bobina  
Grande rolo de papel usado em máquinas de impressão.

 

Referência

Durante a avaliação de diferença de cor, a referência é a cor em relação a qual todas as medições são comparadas. Também é conhecida como padrão.

 

Refletância

Quantidade de luz que é refletida por uma superfície e varia de acordo com a distribuição do comprimento de onda da luz.

 

Refletância especular

Reflexão do tipo espelhada. A magnitude da refletância especular sobre materiais brilhantes depende do ângulo e da dispersão da luz por uma superfície irregular.

 

Refletância total

Refletância de fluxo radiante em todos os ângulos a partir da superfície, incluindo tanto a refletância difusa quanto a especular.

 

Reflexão
Processo pelo qual a luz incidente parte de uma superfície ou meio do lado em que incide.

 

Digitalização reflexiva

Processo utilizado para digitalizar um material que não permite que a luz passe através dele, por exemplo, um pedaço de papel.

 

Taxa de atualização

Número de vezes por segundo que um monitor atualiza seus dados.

 

Registro

Alinhamento das camadas de uma separação CMYK de modo que todas as camadas sejam impressas exatamente uma sobre as outras para a obtenção da impressão adequada. 

Marcas de registro

Orientações nas laterais de cada camada de uma separação CMYK para garantir o registro ou alinhamento adequado.

 

Intenção de processamento colorimétrico relativo

Intenção de processamento que mantém uma relação praticamente exata entre as cores dentro da gama, enquanto as cores fora da gama são reduzidas para o matiz reproduzível mais próximo. A perda de dados de cores decorrente do processamento colorimétrico relativo é irreversível. O processamento colorimétrico relativo é comumente usado para logotipos, cores sólidas e cores de vetores.

 

Processo de alívio

Na gravura, um processo que utiliza chapas de impressão que são entalhadas, gravadas ou jateadas antes de a superfície receber tinta. As linhas ou áreas que foram cortadas não são impressas. A tinta é transferida da superfície da chapa para o papel, por meio da pressão com as mãos ou de uma prensa.

 

Mídia de armazenamento removível

Um dispositivo de armazenamento que pode ser removido e inserido em qualquer dispositivo de reprodução semelhante.

 

Render

Processo de construção de uma imagem 2D a partir dos dados contidos em uma cena 3D.

 

Renderização

Aplicação de sombreamento em uma imagem de computador para tornar a sua aparência mais realista.

 

Intenção de processamento

Quando a gama do espaço de cores de origem excede a do espaço de destino, as cores saturadas podem perder informação (se incorretamente representadas) ou escurecer. O módulo de gerenciamento de cores pode lidar com esse problema de várias maneiras. A especificação ICC inclui quatro intenções diferentes de processamento: o colorimétrico absoluto e o relativo, o perceptivo e por saturação.

 

Resolução (Res)

Quantidade de detalhes na variação espacial ou de cores que pode ser identificada em uma imagem. Refere-se ao menor número pontos ou pixels discerníveis.

 

Redefinir resolução

Alteração da resolução de uma imagem bitmap sem alterar o tamanho do arquivo.

 

Retoque

Processo manual ou digital de eliminação de imperfeições ou partes indesejadas de uma imagem.

 

RGB (sigla inglesa para vermelho, verde e azul)

Modelo de cor composto das cores primárias aditivas de luz que podem ser misturadas para a obtenção de todas as outras cores.

 

Impressora RGB

Impressora que usa as tintas vermelha, verde e azul para reproduzir imagens na mídia, geralmente, é operada por meio de um driver do fabricante e configurada para aceitar apenas os dados RGB.

 

RGB True Color

Sistema de cor RGB com resolução de cor de 24 bits por pixel que oferece a opção de mais de 16 milhões de cores por pixel. Esse tipo de sistema de cores também é amplamente conhecido como full color ou true color.

 

RIFF (Raster Image File Format)

Formato de arquivo usado para armazenar imagens em tons de cinza.

 

RIP (Raster Image Processor)

Considerado o "cérebro" do seu dispositivo de saída digital, o RIP converte matematicamente arquivos gráficos digitais em informações que podem ser usadas por uma impressora para a criação de imagens. Além do processamento, a maioria dos RIPs foi personalizada para atender às exigências de tipos específicos de impressoras e seus usuários. Os RIPs podem manipular layouts, controlar cores, arquivar e realizar outras operações.

 

ROM (Read-Only Memory)

Um tipo de memória que pode ser lida, mas não pode ser alterada de qualquer forma.

 

Roseta

O padrão criado em uma imagem impressa quando as retículas de meio-tom coloridas são colocadas em ângulos de retícula convencionais.

 

S

 

Amostragem

Principal maneira como as informações analógicas são digitalizadas por meio da medição periódica das informações analógicas.

 

Saturação

Atributo de percepção de cor que expressa o grau de partida de um cinza de mesma luminosidade; cinzas não têm saturação. 

 

Intenção de processamento por saturação

Intenção de processamento que visa preservar as cores saturadas e é muito útil para tentar manter a pureza da cor em gráficos de computador durante a conversão para um espaço de cor maior. Se o dispositivo RGB original contiver cores puras (totalmente saturadas), a intenção de saturação garantirá que essas cores continuem saturadas no novo espaço de cor, mesmo se isso fizer com que as cores se tornem relativamente mais extremas.

 

Dimensionar

Ampliar ou reduzir uma imagem, aumentando ou diminuindo o número de pixels digitalizados ou a taxa de amostragem referente ao número de amostras por polegada exigido pela impressora ou outros dispositivos de saída.

 

Leitura

Processo de conversão de uma imagem óptica em dados digitais. 

 

Scanner

Um dispositivo de hardware que captura imagens ópticas em forma de dados digitais.

 

Dispersão

Difusão ou o redirecionamento de energia radiante que encontra partículas de diferentes índices de refração. A dispersão ocorre em qualquer interface desse tipo, na superfície ou no interior de um meio que contém partículas.

 

Visão escotópica
Visão mediada apenas por bastonetes em níveis muito baixos de iluminação; visão noturna.

 

Reticulação

Processo utilizado para produzir pontos de meio-tom.

 

Captura de tela

Captura do que está sendo exibido em um monitor.

 

Serigrafia

Tecnologia de impressão de impacto baseada no uso de estêncil.

 

Resolução de tela

Número de pixels diferentes que pode ser exibido em cada dimensão de um monitor ou televisão.

 

Seleção

Isolamento de uma parte de uma imagem digital para executar um trabalho adicional ou proteger a área selecionada de manipulações aplicadas às demais áreas "desprotegidas".

 

Separação

Divisão de imagens de tom contínuo em componentes CMYK separados para impressão.

 

Separações de cores

Quaisquer cores em um documento que precisam ser impressas em uma chapa separada em uma prensa.

 

Sombreamento

Coloração de uma superfície de acordo com a luz incidente; a cor depende da posição, orientação e atributos tanto da superfície quanto das fontes de iluminação.

 

Detalhes de sombra

Características sutis na parte mais escura de uma imagem.

 

Ponto de sombra

O tom mais escuro que pode ser impresso em uma imagem sem ser preto. Todos os valores tonais abaixo desse limite serão impressos como preto, sem nenhum detalhe.

 

Nitidez

Tecnologia de melhoria de imagem na qual o contraste entre pixels específicos é reforçado.

 

Impressora offset plana  
Prensa alimentada por folhas soltas, em vez de substratos em rolos.

 

Transferência de tinta da frente para o verso

Ocorre quando a tinta penetra no substrato de papel e fica visível no verso.

 

Guia lateral 

Sistema à esquerda ou à direita da prensa que imobiliza a folha para mantê-la na posição durante a impressão.

 

Máscara de silhueta

Máscara ou bloqueio de imagem que isola uma imagem do fundo.

 

Contraste simultâneo

Fenômeno que ocorre quando a cor ao redor influencia a forma como a cor é percebida.

 

SLR (sigla inglesa para câmera reflex monobjetiva)

Uma câmera de pequeno formato (filme de 35 mm ou 6 cm) que tem um espelho refletor que se retrai quando o obturador é disparado. Uma SLR permite que o fotógrafo veja a imagem exatamente como ela será enquadrada na foto.

 

Prova digital

Visualização de uma imagem digital em um monitor em vez de gerar uma prova impressa. É muito importante que a tela utilizada para provas digitais esteja calibrada para garantir que as cores sejam representadas com precisão.

 

Tinta sólida

Tecnologia de tinta que envolve o uso de tinta sólida à base de resina. O cabeçote de impressão e o fornecimento de tinta são aquecidos para derreter a tinta e diminuir significativamente sua viscosidade. A tinta é ejetada quente e “congela” sobre a superfície do meio ou em um tambor do qual ela será transferida como uma impressão offset, no papel. A tecnologia de tinta sólida pode ser impressa e transferida, ou impressa diretamente. Essa tecnologia também é chamada de “mudança de fase”

 

Resolução espacial

Menor característica de uma imagem que pode ser detectada como uma fração da imagem total.

 

Specifications for Web Offset Publications (SWOP)
Especificações de padrões americanos de impressão em offset.

 

Espectral
Pertencente ao espectro visível, portanto, relacionado à cor.

 

Dado espectral

Método usado para identificar exclusivamente um objeto com base em cada comprimento de onda de luz que ele reflete.

 

Spectral Power Distribution (SPD)
Representação gráfica ou numérica da energia radiante por intervalo de unidade de comprimento de onda para uma determinada fonte de luz.

 

Curva de refletância espectral

Representa graficamente a composição da cor de um objeto. O eixo x mostra o comprimento de onda, começando em 380 nm e terminando em 700 nm, e o eixo y mostra a refletância relativa (a quantidade de luz refletida pelo objeto em %).

 

Espectrofotômetro

Dispositivo que mede a refletância da luz em todo o espectro visível, de comprimentos de onda de aproximadamente 380 a 720 nm. Esses dados muito precisos obtidos podem ser convertidos em dados densitométricos ou colorimétricos. O espectrofotômetro é o dispositivo de medição mais útil porque pode ser utilizado para a calibração de densidade e perfis de ICC.

 

Curva espectrofotométrica

Curva medida em um espectrofotômetro; um gráfico com refletância ou transmitância (absorção) relativa como a ordenada, traçada com o comprimento de onda ou a frequência como a abcissa.

 

Espectro

Arranjo espacial dos componentes de energia radiante na ordem de seus comprimentos de onda, número de onda, ou frequência; nesse contexto, a faixa completa de comprimentos de onda visíveis de radiação de energia da luz.

 

Especular

Realce de um objeto com uma superfície brilhante.

 

Componente especular excluído (SCE, na sigla em inglês)
Medição da refletância feita de modo que a refletância especular é excluída da medição; apenas refletância difusa.

 

Componente especular incluído (SCI, na sigla em inglês)
Medição da refletância total de uma superfície, incluindo a refletância difusa e especular.

 

Brilho especular
Refletância fracionada luminosa relativa de uma superfície em direção de espelho ou especular.

 

Realce especular

Pequena área de destaque de uma imagem que contém pouco ou nenhum detalhe.


Reflexão especular
Refletância de um feixe de energia radiante em um ângulo igual, mas oposto ao ângulo de incidência; refletância do tipo espelhada.

 

Refletância especular excluída (SCE, na sigla em inglês)

Medição da refletância feita de modo que a refletância especular é excluída da medição; refletância difusa. A exclusão pode ser conseguida utilizando incidência 0 (perpendicular) nas amostras. Essa, em seguida, reflete o componente especular da refletância de volta para o instrumento por meio da utilização de absorvedores de preto ou armadilhas de luz no ângulo especular quando o ângulo de incidência não é perpendicular ou em medições direcionais por meio de medição em um ângulo diferente do ângulo especular.

 

Refletância especular incluída (SCI, na sigla em inglês)

Medição da refletância total de uma superfície, incluindo as refletâncias difusa e especular.

 

Cores chapadas

Como as da PANTONE®, são as cores de tinta que são selecionadas de um livro de especificação e normalmente não podem ser representadas pelo modelo CMYK. Cada cor é misturada e colocada em uma unidade de impressão na prensa. As tintas de cor chapada são rentáveis para a impressão de duas ou três cores e também podem ser usadas para as cores que a impressão de processo não é capaz de produzir de forma adequada. Use tintas de cor chapada quando precisar de três cores ou menos e não for reproduzir fotografias de processo de cor, ou se desejar imprimir logotipos ou outros elementos gráficos que exigem combinação de cor precisa.

 

sRGB

Um dos vários espaços de trabalho de cores RGB padrão. Mais adequado para imagens na Internet.

 

Iluminante padrão
Energia relativa emitida por uma fonte de luz real ou imaginária que é matematicamente definida em cada comprimento de onda em toda a sua distribuição espectral.

 

Padrão

Durante a avaliação de diferença de cor, a padrão é a cor em relação a qual todas as medições são comparadas. Também é conhecida como cor de referência.

 

Observador padrão (1931, Observador de 2 graus)
O campo visual do observador de 2 graus é o observador padrão recomendado pela CIE (Commission International de l’Èclairage) em 1931. Ele é baseado nos resultados de um experimento de combinação de cor que usou um campo de visão de dois graus.

 

Retícula estocástica

Processo de produção retícula de impressão em que pontos de mesma dimensão são posicionados para parecer aleatórios e criar a ilusão de níveis de tom. Também chamado de retícula FM.

 

Face de parada 
Local na mesa de alimentação onde as folhas são imobilizadas antes de serem presas pelos grampos do cilindro para garantir sempre o mesmo registro lateral.

 

Caneta

Uma ferramenta usada em uma mesa digital como instrumento de desenho ou mouse.

 

Subamostragem

Digitalização em uma taxa de amostragem menor que a ideal.

 

Substrato

Material que recebe uma imagem impressa, corante ou pigmento.

 

Cor subtrativa (Reflexiva)

Sistemas de cores subtrativas, como a impressão, funcionam removendo cores selecionadas de luz refletidas ou transmitidas através delas. As cores primárias subtrativas são o oposto das primárias aditivas; ou seja, ciano (menos o vermelho), magenta (menos o verde) e amarelo (menos o azul). As cores secundárias subtrativas incluem o vermelho (magenta mais o amarelo), o verde (ciano mais o amarelo) e o azul (ciano mais o magenta). A cor terciária subtrativa é o preto (ciano mais magenta e amarelo).

 

Mistura de cores subtrativas
Mistura de pigmento que deve levar em consideração a absorção e a dispersão dos pigmentos individuais utilizados na mistura.

 

Primárias subtrativas

Ciano, magenta e amarelo. Teoricamente, quando as três cores primárias subtrativas são combinadas em 100% sobre um papel branco, a cor preta é produzida. Quando essas são combinadas com intensidades diferentes, uma gama de cores diferentes é produzida. Combinando duas primárias em 100%, produz-se uma primária aditiva: vermelha, verde ou azul.

 

Observador suplementar (1964, observador de 10 graus)

 

O campo visual do observador de 10 graus é o observador suplementar adotado pela CIE (Commission International de l’Èclairage) em 1964. Ele é baseado nos resultados de um experimento de combinação de cor que usou um campo de visão de 10 graus.

 

Periferia
Parte do campo visual imediatamente em torno do campo central ou padrão de interesse.

 

SWOP (Standard Web Offset Printing)

Padrões que definem a cor e as características de ganho de ponto de uma impressão em rede.

 

T

 

Destino

Visualmente ou por meio de software de gerenciamento de cores, as imagens de destino fornecem uma gama de cores e tons de cinza para a calibração de monitores, impressoras, scanners e câmeras digitais.

 

Gráfico de teste

Coleta de amostras de cores que são usadas para gerar perfis ICC para dispositivos de entrada e saída. Os gráficos de teste são fornecidos em papel, materiais transparentes e também como arquivos.

 

Impressora jato de tinta térmico

Impressora a jato de tinta com cabeças de impressão com um sistema de aquecimento (térmico) usado para produzir as gotas de tinta.

 

Impressora de transferência térmica

Máquina que imprime digitalmente por meio da transferência de tintas (à base de resina ou cera) de uma folha ou fita para uma mídia como papel ou vinil.

 

Termocromismo
Mudança reversível de cor de uma amostra devido a alterações na temperatura da amostra. Isso é comum em cores muito saturadas (vivas, como vermelhos, amarelos e laranjas brilhantes).

 

Software de terceiro

Software distribuído gratuitamente ou vendido por uma entidade que não seja o fornecedor original da plataforma de desenvolvimento.

 

Miniatura

Uma versão pequena de uma imagem gráfica maior usada em bancos de dados de indexação de imagens ou para visualizar uma imagem muito grande.

 

TIFF ou TIF (Tagged Image File Format)

Formato de arquivo padrão usado para a maioria dos programas de imagens digitais. O TIFF é um formato altamente extensível que permite que dados de imagem sejam marcados com informações adicionais por meio de um diretório de arquivos de imagem (IFD), que contém informações de tipo de cabeçalho sem ser realmente uma parte do cabeçalho do arquivo. O formato TIFF pode ser usado para imagens em preto e branco, tons de cinza, RGB e CMYK. Além disso, ele pode ser descompactado ou pode usar qualquer um entre vários métodos de compactação, embora a compactação LZW seja o método mais utilizado. Esse, provavelmente, é o formato mais versátil.

 

Divisão de imagem

Processo de divisão de uma imagem em seções para fins de edição ou impressão.

 

Tintura

Mistura de pigmento branco com absorção de outros pigmentos (geralmente cromáticos). A cor produzida pela mistura de pigmento branco com a absorção de outros pigmentos (geralmente cromáticos). A mistura resultante é mais leve e menos saturada do que a cor sem o branco adicionado.

 

Camada de revestimento

Revestimento aplicado à superfície da mídia de impressão a jato de tinta, ou outros tipos, durante o processo de fabricação. A camada de revestimento melhora a aderência da tinta e outras características de desempenho, além de ajudar a controlar o ganho de ponto, o tempo de secagem e a resistência à umidade.

 

Curvas de tom

Curva que descreve a relação entre os valores de entrada e de saída para valores de brilho ou cor que podem ser utilizados para ajustar o contraste da imagem.

 

Toner

Pigmento em pó seco usado por impressoras e copiadoras que contém um pigmento, uma resina termoplástica eletrostática, um agente de controle de carga e, geralmente, um material magnético.

 

Diferença de cor total (ou Delta E)
Número único que expressa a magnitude (tamanho, grau ou quantidade) de diferença entre duas cores. O valor não informa sobre a natureza da diferença de cor.

 

Cobertura de tinta total

Na impressão CMYK, muitas vezes, é importante limitar a quantidade de tinta na página para evitar longos períodos de secagem, manchas e utilização de tinta em excesso. Nas separações UCR e GCR, a quantidade total de tinta em uma determinada área pode ser quantificada como a cobertura total de tinta, de acordo com uma escala de 0 a 400%. 100% de C, Y, M e K é igual a 400%. Nas separações UCR e GCR, a cobertura total de tinta na impressão CMYK é normalmente limitada a 200 a 320%.

 

Refletância total

Refletância de fluxo radiante em todos os ângulos a partir da superfície, incluindo tanto a refletância difusa quanto a especular.

 

Digitalização transmissiva

Permite que a luz passe através de um objeto translúcido ou transparente como um negativo ou filme.

 

Transformação

Conversão matemática de um espaço de cor para outro, como RGB para CMYK.

 

Translúcido

Que apresenta transmissão difusa da luz. Nenhuma imagem clara pode ser vista.

 

Translucidez
Estado de aparência entre opacidade total e completa transparência, parcialmente opaco.

Transmissão
Processo pelo qual a luz incidente é transmitida através de um material ou objeto.

Transmitância (de luz)
Fração da luz emitida de um determinado comprimento de onda que não é refletida ou absorvida, mas que passa através de um material ou objeto.

Transparente

Adjetivo para descrever um material que transmite a luz com mínima difusão ou dispersão. Transparente, não opaco.

 

Trapping

Técnica de pré-impressão que permite pequenas variações de registro durante a tiragem. 

 

Triestímulos

Constituído de três estímulos; termo utilizado geralmente para descrever os componentes da mistura aditiva necessários para provocar uma sensação de cor particular.

 

Valores triestímulos
Quantidades (em porcentagem) dos três componentes necessários em uma mistura aditiva de três cores para combinar uma cor: no Sistema CIE, eles são designados como X, Y e Z. As funções de combinação de cores do iluminante e observador padrão usados devem ser atribuídas; se não forem, supõe-se que os valores são os do observador padrão (campo de visão de 2 graus) de 1931 e do iluminante C.

 

Imagem True Color (cores de 24 bits)

Modelo de cores digitais que usa oito bits de cada uma das três cores aditivas (vermelha, verde e azul) e pode reproduzir 256 tons de cada uma. Cada pixel possui 24 bits atribuídos, o que representa 16,7 milhões de cores. Oito bits, ou um byte, são atribuídos a cada um dos componentes vermelho, verde e azul de um pixel.

 

True Color

Nome comum para uma cor de 24 bits.

 

Imagem True Color (cores de 24 bits) 

Modelo de cores digitais que usa oito bits de cada uma das três cores aditivas (vermelha, verde e azul) e pode reproduzir 256 tons de cada uma. Cada pixel possui 24 bits atribuídos, o que representa 16,7 milhões de cores. Oito bits, ou um byte, são atribuídos a cada um dos componentes vermelho, verde e azul de um pixel.

 

Turbidez
Redução da transparência de uma amostra devido à presença de partículas em suspensão.

 

TWAIN

Padrão da indústria para dispositivos como scanner e câmeras digitais que tem interface com programas de software.

 

U

 

Ultravioleta
Energia radiante abaixo de 380 nm; faixa do espectro electromagnético entre aproximadamente 10 e 380 nm.

 

Branqueador ultravioleta (UV)

Corantes que absorvem radiação ultravioleta e irradiam novamente uma parte de UV como luz visível na região azul do espectro. Isso faz com que o papel pareça mais branco e menos amarelo. A refletância de UV não pode ser detectada pelo olho humano, mas papéis com uma grande quantidade de branqueador podem ser identificados com o uso de luz negra ou espectrofotômetro.

 

Tinta ultravioleta (UV)
Tinta que contém derivados acrílicos e fotoiniciadores que desencadeiam o processo de secagem quando a tinta é exposta a raios ultravioleta.

 

Luz ultravioleta (UV)

Energia radiante com comprimentos de onda ligeiramente mais curtos que o espectro visível.

 

Filme protetor ultravioleta (UV)

Folha de acrílico, usada no enquadramento da arte, que contém inibidores de luz ultravioleta capazes de filtrar 99 por cento dos raios UV; uma das causas de desbotamento da impressão.

 

Resistência ultravioleta (UV)

Resistência de um material à mudança quando exposto a fontes de luz UV, inclusive a luz do dia.

 

Remoção de cor subjacente (UCR, na sigla em inglês).

Processo de eliminação de quantidades iguais de amarelo, magenta e ciano das áreas de sombra neutras e substituição dessas quantidades por tinta preta na separação do preto. Semelhante ao GCR.

 

Diagrama de escala de cromaticidade uniforme
Qualquer uma das várias transformações do diagrama de cromaticidade da CIE na qual todos os pares de cores visivelmente diferentes de igual luminância são representados por pares de pontos separados por distâncias aproximadamente iguais.

 

Espaço de cor uniforme
Espaço de cores em que as diferenças numéricas equivalentes representam diferenças visuais equivalentes, independentemente da localização dentro do espaço de cor. Um espaço de cor uniforme tem sido o objetivo de cientistas da cor por muitos anos. A maioria dos espaços de cor, apesar de não serem perfeitamente uniformes, são chamados de espaços de cor uniformes, pois são mais uniformes quando comparados com o diagrama de cromaticidade.

 

Máscara de nitidez (USM, na sigla em inglês)

Processo usado para aumentar a nitidez das imagens.

 

Unzip

Descompactar um arquivo.

 

Upload

Enviar um arquivo para um host em rede ou para outro máquina.

 

V

 

Valor (no sistema Munsell)
Atributo de cor usado no sistema de cores de Munsell para indicar a luminosidade de uma amostra vista sob a luz do dia, em uma escala de 0 para o negro ideal a 10 para branco ideal, em etapas que são visualmente quase iguais em magnitude.

 

Impressão de dados variáveis

Aplicação de impressão digital na qual os documentos podem ser personalizados, por meio da utilização de informações de um banco de dados de imagens ou de texto, durante o processo de impressão.

 

VCD (Video CD-ROM)
Formato de vídeo digital de movimento total em CD-ROM que usa compactação de vídeo MPEG-1 e incorpora uma barra de controle do programa com controles semelhantes às de um videocassete.

 

Imagem vetorizada

Imagem representada por formas matematicamente definidas, como linhas, polígonos, texto e grupos de objetos ao contrário de bitmaps; também chamada de gráfico de desenho com linhas.

 

VGA (Video Graphics Array)

Padrão de vídeo que oferece resolução de 640 x 480 com 16 cores.

 

Cabine de visualização

A cor é afetada pelo tipo de luz sob a qual é vista e as cores vizinhas. A cabine de visualização fornece um ambiente em conformidade com as condições de visualização padrão e permite simular uma variedade de ambientes de iluminação diferentes para trabalhos que exigem cores precisas.

 

Cabine de visualização 

A cor é afetada pelo tipo de luz sob a qual é vista e as cores vizinhas. A cabine de visualização fornece um ambiente em conformidade com as condições de visualização padrão e permite simular uma variedade de ambientes de iluminação diferentes para trabalhos que exigem cores precisas.

 

Memória virtual

Tipo de espaço no disco rígido que simula a memória real (RAM).

 

V-RAM (Video Random Access Memory)

Tipo especial de memória RAM que pode realizar leituras e gravações simultaneamente, possibilitando o envio de informações ao monitor ao mesmo tempo que recebe novas informações do processador de vídeo.

 

Espectro visual

Faixa do espectro eletromagnético entre 380 nm e 700 nm que pode ser vista pelo olho humano.

 

Volume de aceitabilidade
Volume usado para representar o local de testes aceitáveis em um determinado espaço de cor. É uma região tridimensional que circunda um padrão e é definida por valores de tolerância. Se um teste estiver dentro desse volume, ele é aceitável de acordo com os critérios de tolerância. Se estiver fora, ele não é aceitável de acordo com os critérios de tolerância.

 

VRML (sigla em inglês para linguagem para modelagem de realidade virtual)

Linguagem de programação que suporta animação de espaços virtuais em páginas da Web.

 

W

 

.wav

Formato de arquivo de som usado para armazenamento e transmissão de arquivos de áudio indicado pela extensão .wav.

 

Lavagem
Limpeza do sistema de tintas e molhagem para a mudança de cores de tinta.

 

Marca d'água

Imagem de fundo claro em uma peça impressa ou incluída em arquivos digitais como um recurso de segurança (como em dinheiro ou cheques impressos), ou para indicar os direitos autorais de uma imagem. Marca ou símbolo de identificação incorporado no substrato sobre o qual a arte é feita, geralmente referindo-se ao fabricante do substrato.

 

Comprimento de onda

Distância entre as cristas de duas ondas adjacentes.

 

Impressora rotativa

Impressora de alta velocidade que imprime em ambos os lados de um rolo contínuo de papel. Impressoras rotativas são usadas para impressão de alto volume, como jornais e revistas.

 

Branco

O resultado da combinação das cores primárias aditivas (vermelha, verde e azul). No sistema de mistura subtrativa de cores, o branco é o resultado da ausência de qualquer cor.

 

Balanceamento de branco

Balanceamento de componentes de cor para criar o branco puro ao fotografar ou digitalizar um objeto branco; um substituto de um ajuste de temperatura de cor.

 

Ponto branco

Cor e intensidade do branco mais brilhante de um dispositivo. Em impressoras, é geralmente o branco do papel. Em scanners, a cor que quando digitalizada produz valores de 255, 255, 255 (RGB) Idealmente, o ponto branco tem 100% de refletância ou transmitância neutra.

 

Padrão de refletância de branco
Padrão físico de branco de um material de difusão imperfeita, como a cerâmica branca, que é calibrado em relação ao difusor perfeito.

 

Alvura
Atributo que avalia quanto a cor de um objeto se aproxima do branco preferido.

 

Fluorescente de banda larga
Termo genérico atribuído a produtos como lâmpadas fluorescentes brancas frias e brancas quentes que produzem bandas largas de energia de luz visível em função da sua mistura de fósforo.

 

Wide Area Network (WAN)

Rede que abrange uma grande área geográfica e normalmente opera em velocidades mais baixas do que as velocidades de rede local (LAN).

 

Espaço de trabalho

Fornecem um espaço de cor comum ao qual conectar fluxos de trabalho para combinação de cor precisa entre entrada e saída.

 

WYSIWYG

Sigla inglesa para "O que você vê é o que obtém", é uma interface de exibição que representa com precisão no monitor a aparência que fontes e imagens terão depois de impressas. 

 

X

 

X 

Um dos três valores triestímulos da CIE, a cor primária vermelha.

 

XGA (Extended Graphics Array)

Modo de exibição padrão IBM que fornece 1.024 x 768 pixels de resolução espacial e 256 cores.

 

XML (Extensible Markup Language)

Subconjunto de SGML cujo objetivo é permitir que o SGML seja servido, recebido e processado na Web, da mesma maneira que a linguagem HTML.

 

XYZ
Conjunto de valores triestímulos que serve para descrever numericamente uma cor, calculado usando a norma ASTM E308-85.

 

xyY (Coordenadas de cromaticidade)
Espaço de cor não uniforme no qual as cores estão localizadas dentro de um sistema de coordenadas retangular tridimensional; x e y descrevem a cromaticidade (matiz e croma) de uma cor. Y descreve a luminosidade (claridade ou brilho) de uma cor.

 

Y

 

Y
Um dos três valores triestímulos CIE, igual à refletância luminosa ou transmitância - a cor primária verde.

 

Z

 

Z

Um dos três valores triestímulos da CIE, a cor primária azul.

 

Listras de zebra

Recurso que permite que você veja onde certas áreas de brilho no quadro podem estar "apagadas" ou muito brilhantes. Quando isso acontece em um determinado nível, as listras da zebra aparecem na área para indicar que ela pode estar muito brilhante. Essas listras da zebra são uma série de listras pretas que se movem em um padrão agitado e, embora você possa nunca ter ouvido falar delas assim, provavelmente, sentirá que elas são familiares.

 

Zip

Compactar um arquivo.

 

Zoom

Ampliação de uma parte de uma imagem. 

Dúvidas? Precisa de um orçamento? Contato. (888) 800-9580